Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O MENINO E O PADRE

Click to Download this video!

O Menino e o Padre



Quando eu era pequeno gostava muito de ir à igreja, sempre com meus pais. Depois quando cresci um pouco comecei a ir sozinho. Um dia tivemos a noticia que o nosso padre estava de mudança para outra paráquia e que viria outro. Ficamos todos tristes, mas, o que se poderia fazer.

No domingo o padre novo já havia chegado. Ele era bem mais novo do que imaginávamos e muito simpático. Logo fiz amizade com ele, então um dia me convidou para ajudá-lo nas missas, eu aceitei logo. Achei aquilo o máximo, imagina eu ajudando o padre. Comecei a fazer um cursinho para isto. Ficava todo dia depois da missa. Depois de um tempo comecei ajudar também na pequena reforma que ele fazia nos seus aposentos. Como era verão sempre ficava de calção para fazer o trabalho. Ele me olhava de uma maneira muito carinhosa. Diversas vezes o peguei olhando para o meu calção, mas não dava importância, pois não tinha maldade nenhuma e nunca tinha feito nada.

Um dia estava em cima da escada arrumando algumas coisas, como estava sá de calção e sem cueca o meu pauzinho estava aparecendo para quem olhava de baixo. Ele então subiu alguns degraus e colocou a mão pela perna do calção, pegou no meu pau e disse, olha o que eu estou vendo daqui. Na hora

fiquei com vergonha, mas, não sei porque ele ficou durinho. Ele então falou que eu já estava ficando um homenzinho. Depois que desci da escada me fez diversas perguntas;

Se já batia punheta? Se já tinha feito troca-troca com algum amiguinho? Se já tinha pegado o pau de algum menino?

Claro que a resposta foi não a todas as perguntas. Então ele disse que se eu quisesse poderia me ensinar muitas coisas, mas que isto seria um segredo sá nosso. Como se tratava do padre aceitei, pois na minha inocência padre é sagrado. Combinamos que todo dia aprenderia um pouco. Fui para casa contente esperando pela primeira aula. No outro dia quando cheguei, ele já estava me esperando. Fomos para um sofá que tinha no seu quarto, sentamos e começou a aula.

Primeiro me colocou sentado no seu colo, era para explicar melhor as coisas novas. Logo comecei a sentir uma coisa dura que crescia e cutucava a minha bundinha. Ele me ajeitou de maneira que aquilo ficou certinho encaixado no meu reguinho. Depois começou a passar a mão nas minhas pernas, foi subindo e entrou por baixo do calção, ficou brincando um pouco com o meu pau por cima da cueca. Então colocou a mão por dentro e ficou alisando, mexendo bem gostoso. Enquanto isto me apertava contra o seu colo. Logo falou que tiraria meu calção e a minha cueca, pois ficaria melhor.

Sem entender muito, tirou, fiquei sá de camiseta o que ele também tirou logo. Estava totalmente peladinho. No seu quarto tinha um espelho grande por onde se via quase tudo. Ele então pediu pra eu virar de costa, de frente e de lado para me ver melhor. Na época eu tinha uma bundinha bem redondinha, branquinha, um pauzinho pequenininho para o meu tamanho. Voltou a me colocar no seu colo e voltou a mexer no meu pauzinho, sá que agora puxava a pelezinha pra cima e pra baixo deixando ele peladinho. Ficou assim um tempão, depois disse que queria sentir o meu gostinho. Pediu pra deitar na sua cama que ficava pertinho do sofá.

Deitei de barriga pra cima e ele começou a me alisar todinho, logo começou a passar a língua em todo o meu corpo. Cada vez eu ficava mais arrepiado, até que ele falou pra eu fechar os olhos. Quando fechei, senti uma coisa bem quentinha em volta do meu pau e dos meus ovinhos. Abri os olhos e vi que ele tinha colocado tudo na boca. Ele lambia e chupava muito, baixava e levantava a pelezinha pra chupar. Era tão bom que dava vontade de fazer xixi.

Enquanto ele me lambia colocava a mão dele por dentro da batina e mexia muito no seu pau. Até que depois de certo tempo ele se estremeceu todo e parou de me lamber e chupar. Então falou que a aula de hoje tinha terminado, pra eu voltar amanhã.

No outro dia la estava eu, como no dia anterior fomos para o seu quarto. Ele me deixou novamente pelado, me deitou na sua cama, me lambeu todinho, mas desta vez alem de chupar o meu pau também passava a língua no meu cuzinho. Nunca tinha sentido uma coisa tão boa. Ele notou e pediu pra eu ficar de barriga pra baixo. Logo ele começou a me beijar a nuca, a enfiar a língua bem quentinha na minha orelha e foi descendo até chegar à bundinha onde dava algumas mordidinhas enquanto alisava o meu pau.

Como era bom sentir aquela língua bem quentinha passando por tudo, eu me arrepiava todo. Mas o melhor foi quando começou a passar no meu cuzinho. Me deu uma coisa tão gostosa que sem querer o cuzinho começou a piscar, abrir e fechar. Então ele abriu bem minhas pernas, deitou com a cabeça no meio e ficou um tempão enfiando e tirando, tentando colocar toda no meu cuzinho, claro que não conseguiu. De repente ele parou, levantou e pegou um creme que tinha ao lado da cama, passou bastante no meu cuzinho e no seu dedo. Devagarzinho começou a enfiar um dedo em mim. Doía um pouco, mas ele ia bem devagar, colocava um pouco, parava, tirava e colocava novamente. Até que depois de certo tempo conseguiu colocar todo o dedo, logo vi ele se estremecendo todo como no dia anterior e dizendo que a aula de hoje tinha acabado.

Depois eu conto tudo o que aconteceu entre nás, tudo o que ele me ensinou

Para não ficar muito longo o conto eu vou fazer a continuação.

Aguardo comentários.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


lembranças contos eroticosContos eroticos empregada humilha a patroapm me comeu contocontos eróticos mulatacontos sexo dividindo o casamento e a camacontos verídicos com garotas teenscontos fudendo minhas primas peitudasempregadinha rose contos eroticoscontos punhetei meu irmao gemeo quando ele dormiacontosrotico cuzinho da lorinha casadaChiquinho chupando pintoamiga da minha filha tezudinhacontos eroticod de gordinhas q gosta de dar o cuconto erotico "maior que do meu marido"sexo emprestei minha mulher pra um amigo que estava preso conto eróticossaco na bucetalambidaconto mulata se vingachupei o grelo da minha amante contos eroticoscontos na lua de mel fizemos swingContos eróticos rabudinha chorou na picacontos de rasgando o cuzinho apertado do novinho que chora de dorcontos arrombado por cdconto estagiaria chefeSou escrava sexual do meu filho ences,contos erot.contos eroticos menino curiosopedrasto pintudo viadin de olhoconto erotico chefe do meu marido me bolino por de baixo da mezamostra como fuder bem gostoso e a pica entrendao na bucetahttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/m/conto_15870_passando-as-ferias.html&ei=bgqnDUSn&lc=pt-BR&s=1&m=438&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Cherei+cocaina+e+dei+o+cu&ts=1487814662&sig=AJsQQ1Bemzq3_O_w9-hLtHRrssFP6FcBcQa travesty gordinha me fez gozar sem tocar no pau comtos eroticosvem ver meu corninho contohomen em purra seus ovos no cu de brunaConto do garoto que fudeu com dois trvesti piçudoscontos nao tinha camisinhacache:d8S3mF85a4oJ:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria_4_11_incesto.html contos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anosTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contoscontos eroticos anal paraensehomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarContos de buceta aregasadasconto erotico gosto de vestir shortinho de lycra que deixa minha buceta grandecomeu a tia da bunda grande contoconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãoCunhada dormindo com a bundinha descobertaconto eurotico nao resistirconto sobrinho engravida tia casadacontos eroticos abuso policial martaconto erotico cornocontos eroticos de enteadascontos porno dei boa noite cinderela para meus pais e comi minha maecontos de lesbicas coroasamigo hetero contoputa para pretos contocontos eroticos chantagem de carnaval quer dizer cadastrar no novinho aqui caraicontos casado curioso no bielagozouquedesmaioucontos meu marido nem percebeueu ja comia Minha filhinha decidir compatilhar ela contos eroticosContos de incesto familiarempinoi o cu e levou rrolascontos eroticos gay dei meu cu desde oito anos de idade e sou gaydormi bebado perdi as pregasComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêscontos eroticos maes negoes cavalocontoseróticos chupei os peito da mamãecontos eroticos currada a força por pausaocontos enrabado na saunaela achava que não aguentava toda e entrou até o talomasturbando com as amigas contoContos eróticos nacionais de mulheres casadas que fizeram de tudo pra ser comida por outro homemcontos notei que minha namoradaContos eroticos estruparam minha avo e mamaeContos eroticos tetas roxasconto novinha devendoMeu irmão me comeu conto gayconto titio me fudendocontos eroticos dormindovideos de porno sogro cardando a moraminha vizinha safada casada heleniceisso viadinho engole essa rola vou estrupar sua gargantacontos Surpreso em ver tia sem calcinhaconto erotico meu padrinho passando a mao na minha buceta