Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FIM DE SEMANA NA PRAIA

Click to Download this video!

meu nome e ricardo,desde de novo sempre tive queda por garotos e fui iniciado por meu primo e seus amigos aos 19 anos de idade.mas isso e outra historia.

uma vez fui passar um fim de semana na casa de uma tia minha de praia onde ela tinha viajado e era pra eu ficar la ate ela voltar por causa de seus coisas,nao nego que sempre curti algumas loucuras e fantasias de todo garoto que queria ter narcido menina,

um dia na praia fui passear e me queimar tanbem um pouco e elvei algumas coisas como revista de homens nus,oleo e algumas bananas pra lanchar e brincar tbm

adorava aquela pria na epoca pois era bem deserta msm na semana quase nao aparecia niguem e quando surgia se percebia logo pelo silencio que era

nesse dia eu fui cedo e bebi algumas cervejas num barznho q ficava proximo da casa de minha tia e como sempre ui fraco pra bebida me solto logo e deixo-me a persebe de meus gostos,sumi andando na praia ainda com uma lata de cerveja e depoisd e me afastar bem deitei-me sem roupa todo cheio de oleo no corpo pra me quiemar e adormeci depois de 4 latas de cerveja na areia.quando me acordei tinha uma cara sntadona areia em frente a mim sobre a sonbra de um cogueiro, quando depois de me acorda ele disse que era muito perigoso eu eatar ali dormindo podia aconteser algo ruim foi quando ele se aproximou e viu minhas revistas abertas e comessou a folhea-lase me olhava de lado, ele um tipo moreno curtido de sol mas de 178 de altura e bem forte meio barrigudinho morava numa casinha de palha ali logo poroxmo onde ele ficava a pescar,foi quando meio sme graca e sem saber que disia eu perguntei se ele podia passar um pouco de oleo de bronsear em minhas costas, ele nao conversou 2 veses encheu sua mao de eloeo e comercou a passar em minhas costas e eu todo nervoso sem saber q fasia apesar do tesao que me dominava ali em tal momento e sentia suas maos grossas e seu cheiro forte sem perfume que me dominava e me deixava mas exitado ainda com cada passada de suas maos em meu corpo nu ali na sua frente deitado de bunda pra cima,quando olhei de lado persebia que algo crecia em seu shorte surrado e velho, foi quando ele derceu suas maos pra minhas ernas e logo em seguida elas estavam em minha bunda foi quando ele afstou bem devagar minhas ernas delado uma da outra e encheu mas uma vez as maos de oleo que deslizarao entre minhas pernas e subindo hora e outra entre minhas nadesgas, em tal momento estav todo melado ja e dando pequenso gemidos de prazer onde eu me segurava ate onde eu podia mordendo meus labios foi quando ele comesou a enfiar seu dedo indicados todo melado de oleo em minha bunda que engoliu todo sem faser forca e me desmanchando em gemidos gostosos onde ele logo me ouchou pra seu ladi me deixando de 4 pra ele,onde ele agora enfiava mas de 2 e ate 3 em minha bundinha que nao recusava carinho nenhum daquele estranho que me dominava comseus dedos foi quando ele enfiava coad vez mas fundo me deixando sem forcas alguma e logo em seguida ele me masturbava eu de 4 pra ele q depois de algum tempo me puchou mas proximo dele e depois de mas alguns instantes eu era invadido por todo aquele mastro dele que queimava ao entrar onde eu tentava sair mas nao tinha forcas sufiente pra me sair de seus bracos fortes que me dominavam e a dor foi dando espaco ao prazer e depois de mas alguns minutos sentia aquele corpo todo viril estremer e seu leite que derramava todo dentro de mim me sentindo quase perfeito no tal momento, foi quando ele envadiu minha boca com sua lingua e nos beijavamos ali msm na areia da praia sobre a minha toalha e continuavamos ali na msm posicao eu ainda de 4 pra ele e ele meio de lado me beijando foi quando persebi que ele cresia mas uma vez tdo dentro de mim e me penetrava agora com mas forca e pegadae depois de mas laguns minutos sentia mas uma vez aguela coisa deliciosa derramar todo seu prazer dentro de mim ali,foi quando cansado e todo ardido deiteme de novo e adormeci e acordei mas tarde sozinho e ainda minando de minha entranhasa caldo daquele homem masculo e pescador que me deixou sozinho pra sonhar quando eu ia velo de novo



nas proximas eu conto cm forao as outras com ele

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha prima defisiete me viu batedo umaconto erotico gay viado fica com medo da piroca do coroa e e fudido a forcavou contarcomo transei com minha primacontos eróticos mulher no trevo Contos gay minha primeira vezcontos-chantageei minha enteada e comi o cúzinho dela virgem e ela gritou de dorconto porno teen gay free mulato favelacontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machoquando novinho viciei em da meu cuzinhoacabei comendo meu amigocachorros rendidos gozando pornosou casada gordinha mas ele me fodeu casa dos contospraia guaratuba contos sexocontos eróticos meu marido finge que não sabeEu não falo a polpa da bunda da primaConto gay sendo a femea do titiovi minha cunhada dormindo vi minha cunhada dormindo comecei a comer ela acorda assustadadando uns amasso na minha sublinha e acabei gozando nas pernas delaConto erotico de mototáxi com a picona e meninascontos eroticos de estrupamendoabaxar video porno de coroas de 20 anosconto. a sugadora de. porracontos eroticos meu amigo fotografo e minha esposaContos eroticos no onibuscondos erodicos perdendo virgindaderelatos eroticos chantageada pelo amigo do maridomadura vadia chantageada por vizinhoscontos eroticos garoto e mae bundudoscontos eroticos a camareira do hotel me encontrou de pau duro no quartoContos de esposa abriu o cu ao máximopelanca contos eróticosfazendo gozar mulher casada darlene contosme fode com esse pintãocontos eroticos nylher do meu patrao carenteconto tres maxo me comerantouro estrupado uma. gostosa e ela fica muito esitadafudida pelo vigia da escola conto erotico teenMeu bucetao no baby doll.colado contoscontos meu papai m comeucontos eroticos com a diretora da escolacagada cagada Olha a cagada Olha a cagada que eu fiz aí a cagada que eu fiz na Calcinha Preta da minha irmã é que manda linda delaempregada me masturbando nu contosvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos minha esposa adora da pro coroa do pauzaocontos gay.rstrupado pel traficantecasada recebe proposta indecente contoscontos fodi na casa abandonada gayconto mae e filha bebadascontos incestos dividindo o filhocontoerotico quase corri negrinho caralhudocontos eroticos entregadorcontossado de submissao realcontos de menina nova perdendo o cabacotravesti gozando no próprio sutiãcontos eróticos amigo casado bi estrada viagemcontos gays teen dando o rabocontos eroticos sentei no hugoconto gay minha madrasta me viu vestir as calcinhas delacontos dançando no meu pauconto erotico no beco escurocontos eróticos levando na piscinaao lado do meu marido masturbei um estranho no onibus.contos eroticosnovos relatos eróticos com fotos de corno minha esposa andando na rua toda gozadaencoxando minha filha na viagemcontos eroticos de irmans cavalomasconto erotico mostrei minha calcinha por dinheiroCasa dos contos eroticos gay amarrade e emrabado por quatro amigos taradoscontos eróticos amiga da minha primaContos descobri que minha esposa ve fotos de homens nus na internetmulher lavado roupas e marido de olho na buceta da mulhermaridinho chupou minha bucetacontos eróticos de brigas e submissão fazer sexo sem amor gostoso meterolacontos gay luta livreConto erotico de evangelicasporno conto relava aquele peito em mimcontos eroticos de mulheres sendo fudida no tremcontoseroticos cagando na boca do viadomenina brinca de papai e mamae conto eroticoContos encexto cm a tiacontos meu amigo esta um bom tempo sem mete apica dele e muito grande egrossa eu vou da pra elecontos eroticos de incesto: manha mae me ensino a Transar 2contos enrabando sobrinha da minha mulherchantagiei minha filha casada conto erotico