Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DENTRO DE UMA BALADA.. AQUELE CORPO DE CHOCOLATE..

Click to Download this video!

Eu tinha 21 anos e estava em uma balada Black, a música era envolvente e caliente, e eu dançava sem compromisso, sá queria me divertir, depois de uma taça de vodga e muitas reboladas.. percebi que um homem lindo me olhava, ele dançava tão bem, ele era lindo e estava dançando muito sensualmente.. com uma camisa branca que contrastava com sua cor negra.....ele me olhava de uma forma que nunca nenhum homem me olhara antes, eu ainda dançava, mas desta vez minhas pernas bambearam de tesão, eu rebolava e empinava minha bunda, a excitação fervia minhas veias naquele instante, ele era tudo o que eu desejava ter naquele momento.... ele foi se aproximando sensualmente ao rítmo da musica black, ele mexia seu corpo suado e provocante, ao mesmo tempo levantava aos poucos sua blusa, nossaaa eu pude ver aquela barriga torneada, seu contorno definido e sua cor deliciosa! Me lembrou na hora uma barra gigante com gomos de chocolate, seu corpo suado brilhava excitantemente á luz do estrobo que dava uma sensação de câmera lenta... ele se aproximava cada vez mais e mais, em sintonia contorcíamos nossos corpos juntos, neste momento o ritmo da musica começou a mudar, desta vez um som mais frenético e mais sexy, nossos corpos estávam colados ele era mais alto, me senti dominada por aquele homem, ele pegou em minha cintura e nao foi de leve não, foi uma pegada forte, a cada passo que ele dava eu ficava com mais e mais tesão, ele de repente me deu um beijo... que beijo!!!! aquela boca carnuda dominava a minha, e sua lingua macia e grande entraram na minha, e eu chupei com tanta vontade, que não me reconheci...peguei em sua nuca e nos beijamos por muitos minutos um beijo que jamais irei me esquecer, seu perfume invadia meus pulmões, numa sensação de frenesi.... não conseguíamos mais nos largar, minha mente descontrolada, não parava de pensar o que este homem era capaz de me fazer sentir além daquilo, em um impulso resolvi puxá-lo pra uma saleta intima, no canto escuro da balada, a música ainda invadia nossos timpanos, nossos corpos se atrapalhavam perdidos pois ainda estávamos nos beijando e esfregando nossos corpos um no outro, tentando apalpar sem olhar o sofá vermelho que ali estava, e numa sensação perturbadora de desejo passei a mão em seu pau, já estava duro, com a pontinha saindo pra fora da calça.. eu não conseguia acreditar que aquilo estava acotecendo, era grande, nunca vi um igual devia ter uns 23 cm e era grosso... uhaaaauuuuu.... ele me pegou pelos cabelos, e me jogou sentada no sofá, eu abri seu zíper, e aquele pau maravilhoso pulou pra fora, pedia desesperadamente uma chupada, passei minha linha de baixo acima, labi seu saco que estava lisinho, delicioso e cai de boca, ele segurava meus cabelos e se apoiava em meus ombros, minha boca ficou tão pequena perdo de tudo aquilo que precisei da ajuda de minhas duas mãos para continuar, aquele pau negro e grande tinha um gosto excitante, naquele momento parecia que eu estava chupando uma barra enorme e roliça de chocolate...depois de muitas sugadas ele me puxou pra cima, me colocou com a maior facilidade em pé no sofá, eu estava vibrando de tanto tesão...ele levantou minha mini saia branquinha, e logo se deparou com minha calcinha de rendinha branca, pela transparencia ele viu minha bucetinha encharcadinha e inchada de tesão, tirou a calcinha com um olhar de quem quer muito algo... de repente segurou meus ombros e me jogou de quatro no sofá, eu empinei inteira pra trás, eu queria muito sentir aquilo, e ele com suas mãos grandes abriu minha bunda e pôde ver já brilhando de tão molhadinha minha xaninha que estava completamente depilada e lisinha...e neste momento aquela lingua macia e deliciosa que eu pensei que já tinha conhecido dentro da minha boca, me surpreendeu, começou a me chupar com toda a sua vontade, sua lingua percorria do meu grelo macio e rosa até meu cuzinho que também já piscava de excitação, ele me virou de frente novamente e começou a sugar meu grelinho que já pulava pra fora de tanto tesão, abaixou minha blusinha e sugou meus biquinhos dos seios, nossa eu não acreditava que tudo aquilo estava acontecendo comigo, ai ele se debruçou sobre mim, e devagarzinho começou a colocar aquele pau sabor chocolate enorme na minha bucetinha apertada, era uma sensação incrível, ele começou a ir mais rápido e mais rápido e quando percebi eu já gemia de prazer com as estocadas que ele me dava, ele segurava uma das minhas pernas pra cima, e com a outra mão, sempre colocava seu dedo na minha boca e ia direto pro meu grelo pra me excitar ainda mais, mudamos então de posição ele se sentou e eu sentei.... Ahh como sentei!! era tão apertado, parecia que ia me rasgar, ele apertava e abria minha bunda, dava pra ver meu cusinho rosa brilhando de tão melados que estávamo, eu começei a pular e ainda gemia de tanto tesão, a música que ainda nos envolvia naquele momento me deu o rítmo e forças pra não parar, eu sentia aquele pau dentro de mim e ele pra me surpreender ainda mais, lambeu seu dedo e enquanto eu cavalgava ele colocou seu dedo bem gostoso no meu cuzinhu ai que delícia! meus olhos viraram...e quando eu pensei que já não poderia sentir sensação mais gostosa ele começou junto a tudo o que fazia chupar meus peitinhos que pulavam na frente de sua cara durinhos de tesão e depois de muitos beijos e estocadas e um estado de frenesi que jamais experimentei na minha vida, cheguei a um dos meus orgasmos mais excitantes, e inesquecível que eu já provei até hoje....nunca mais o encontrei depois daquele dia... como eu gostaria de revê-lo...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Porn contos eroticos o mulato amigo doo filhocontos eróticos Cidinhabucetinha virgem bem pequenininho viscosamulher botando a x*** para o cachorro lambercunhada medonha tarrada pra fudedando pro genro. contos eróticosamigo andre me comeu conto gayconto menor me comeuMarilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalhaconto erotico de caminhoneiro com perfemmeu chefe contos eróticocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosxv inserto chupando a busetinha da novonha dorminocontos eróticos papai, mamãe e eucontos eróticos eu como minha sobrinha na frente da minha esposacontos eroticos quero fuderconto erotico climax praia de nudismodevolvendo esperma no pau do bem dotadoabusada pelo filho contocontos orgia com pobresfode rebola nele vaitres picas no cu contos euroticocontos eroticos namoradoporno éla dis méche que eu vou gozarcontos eroticos porno de pirralhas inocentesabaxar video porno de coroas de 20 anosgabriel o hetero proibido conto eroticos gayconto erotico negao revistou minha mulhercontos eroticos estuprada no cine porno com o maridocontos eroticos incesto a neném do papaiconto.minha esposa deu para 5contos eróticos márido perdeu a apostacontos dando minha bucetinhacontos eeroticos peguei minha sogra no flagracontos dormindo com a tiavidios dos bucetao mais carnudo e enchados nuscontos minha tia anus dilatadocontos eróticos me estruparao por ser orientalconto erotico de filho pau de cavalobobadinho condo o priminho gayConto erotico mãe no cinemavideos eroticos de castigadas com muitas palmadasContos Mulatinha do titioFoto nega por cenoura no cu e gozou gostosocontoseroticos d sexos de camioneiro comendo travesti na estradacontos d zoof de ferias na fazenda com meu maridoconto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradaeu e minha amiga fomos fudidas na casa de banho da escola contoscontos eroticos de quata feira de cinzapeladas com cu e a bunda melada de manteigaconto erotico minha mae nao acrexitou mais amoucontos esposas putas castigadas no cucontoseroticosasmeninas conto erotico meu primo me comeu na maldadeConto erotico, tenho.50 anos e transei com minha vizinha casada de 60 anoscontos eróticos homem maduro gostoso da pica grande f******comtos.eroticossograpegou todas da familia atraves de chantagen conto erotico de insestoContos dormindo com juninhocontos eróticos acha meus pés bonitoscasada que engravidou do sogro conto eróticoContos eróticos enteada larissa viajarConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintasento desde cedo gay contocontos eroticos de negros em hospitaiscontos eroticos no beco escuro mete com forçacomo dopar uma mulher e fazer sexo contopadrinho comer afilhada cem pentelhocontos eroticos menininha incestofio terra com ha irma conto erotico