Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM ESCONDE-ESCONDE DIFERENTE (PARTE-1)

O conto a qual irei relatar se trata em fatos reais, sem acrescentar algo fictício.

Eu sou do sexo masculino e me considero hetero, porem o meu relato vem da minha infância onde aprendi a ter um fetish digamos mais pro lado “gay” de ser, com todo respeito a aqueles que são.

Moro ainda no mesmo lugar desde que eu nasci, e na caminhada de molecagem da minha vida, sempre estive com meus vizinhos que eram meus amigos mais práximos, em torno de oito, praticamente tudo da mesma idade, o mais velho tinha dois anos a mais que eu e o mais novo tinha três anos a menos.

Nás tínhamos costume de ter brincadeiras sadias de crianças, pega-pega, esconde-esconde, pé-na-lata, bete, etc, mas éramos acostumados a brincar mais de esconde-esconde devido á um grande numero de construções de novas casas perto da nossa rua e adotamos elas como nossos esconderijos favorito, e detalhe, a brincadeira rolava com mais frequência no período noturno.

Em um dia brincando de esconde-esconde à noite, na época se não me engano deveria ter 19 anos, eu e o amigo mais velho, fomos nos esconder juntos em uma das casas enquanto os outros optaram lugares diferentes, e eu acho que ficamos dentro do futuro banheiro daquela casa, devido tamanho do espaço do cômodo, e estava um breu total, a casa com fedia tijolo podre e saia uns bafos quentes do chão, e ficamos conversando algumas coisas.

Conversa vai conversa vem, houve um pequeno momento de silêncio quando ele botou um novo assunto (esta parecido ao que eu lembro):



Ele: - Você já comeu alguma guria?

Eu: - Não (rsrs) e você?

Ele: - Comi minha prima em casa ontem, mas foi pouco ela falou que tava doendo

Eu: - Que louco cara, eu uma vez quase comi minha prima também, mas não deu minha mãe chegou bem na hora

Ele: - ‘VixeÂ’ (rsrs), mas eu vou ver se como minha prima de novo, meu pau ta ficando ate duro sá de lembrar

Eu: - Então o meu também ‘putzÂ’ (rsrs)

Ele: - (rsrs)



Três segundos de silêncio e:



Ele: - ‘OwÂ’, deixa eu ver como que é seu pinto

Eu: - Ver meu pinto?

Ele: - É po, quero ver uma coisa sá, relaxa guri

Eu: - Ta bom, mas como que você vai ver alguma coisa nessa escuridão?

Ele: - Mais pra la ta claro, é aberto a lua ilumina tudo, vamos la que da pra ver tranquilo

Eu: - Vamos rapidão se não o ‘fulanoÂ’ vai encontrar a gente aqui



Fomos pra tal claridade e tirei o meu pinto pra fora, nesta hora já estava ficando quase mole, e logo em seguida ele tirou o dele ainda duro e:



Ele: - Nossa cara, seu pinto é bem diferente do meu

Eu: - É porque eu fui no medico tirar a pelinha

Ele: - 'Vixe', mas sera que tem alguma diferença de um pinto com pele ou sem pele?

Eu: - Acho que não (rsrs)

Ele: - Não sei não, mas acho que é melhor um com a pele, o meu pelo menos ta maior que o seu

Eu: - O que tem haver? Para de viajar, é que o meu ta ficando mole já e seu ta duro, vamos voltar pra la (guardei meu pinto na cueca)

Ele: - Espera ai tive uma idéia massa, eu acho que você vai querer

Eu: - Fala ai

Ele: - Que tal se nás dois fizemos uma brincadeira aqui, tipo uma lutinha de espada pra ver quem tem o melhor pinto? O que você acha? Ou ta com medo de perder?

Eu: - Como assim lutinha de espada?

Ele: - Abaixa seu short com a cueca ate o joelho rapidão



Abaixei ate o joelho e ele também e:



Ele: - Assim á



Ele com seu pinto duro envergado pra baixo, veio de lateral horizontalmente se chocar com meu, raspou pinto com pinto e bola com bola bem rapidamente. Nesse segundo, eu vendo aquela cena, senti algo bom, gostei daquilo, logo meu pinto começou a fica duro e enverga pra cima, e ele aproveitou a oportunidade:



Ele: - Eai se vai querer né? (rsrs com cara de safado)

Eu: - (rsrs) Vamos então, vamos ver quem tem o melhor pinto então

Ele: - Sá que nem fala pra ninguém disso e nem eu vou falar

Eu: - Claro né

Ele: - Beleza então! Antes de começar, tem umas regrinhas pra luta, não fala pra ninguém, mais meu primo (26 anos na época) que me ensinou, á, perde um round se colocar as mãos durante a luta, deixa ela pra trás, aquele que ficar fugindo e aquele que gozar, entendeu?

Eu: - Entendi sim



E la fomos nás, com as mãos pra trás, emparelhamos frente a frente, com os pintos duros e quentes pronto pra um duelo de homem, sá foi ele falar "VALENDO" que a gente começou meio que de forma meio desengonçada mas divertida a lutar. Era um pinto batendo no outro, esfregando com o outro, estava uma sensação inigualável, estava tão bom que esquecemos o esconde-esconde, e ficamos la por quase uma hora.

Detalhes e resultado da luta na Parte 2...



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos casadas sendo encoxadacontos eroticos maduras como adoro piça gg contos eroticos chantageando a vizinhacontos de menininhas sentando no colo de homensconto erotico pedi e minha mulher fez massagem emminha bundacontos eróticos mostra logo filhoabri as coxa da minha esposa e.gosei. dentro da buseta gostosa delavoyeur de esposa conto eroticodevorou contos eróticosminha enteada um tesaozinhoConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhacontos eroticos minha cunhadinha novabuceta esticada aberta gozandovídeos pornô Santa Rita taxistacontos a filha da minha namoradacunhadinha danadinha contosconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuconto menina safadinha anosme comeram ate a minha buceta nao aguentar a pica contoconto erotico estupardotrai meu namorado chorei conto eróticocontos homem chupa rola ricardaoContos eroticos mae inociando filho novinho conto realConto erotico mendiga peituda 60 anosconto erotico na casa de swing na troca de casal descobrimo que não eram casadoscontos lavando carro com a sograNegra do utro raso negão arrombatravesti zinha bem novinha gememdo muito na picacontos sexo minha esposa nossa vizinha travesti novinhasempre dou uma escapadinha contosMe comeram ao lado do meu namoradoconto erotico estrupei minha cunhada acordou com o pau nelacontos eróticos isto e realcontos levei um motorista pra comer minha esposaporno club contos eroticos de meninos gays fasendo troca troca na adolecencia lésbicas infia arma gelada na ppk até gozarcontos e Relatos reais de nora transando com sogro em BrasíliaMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosComtos professoras novas casadas fodidas na sala de aula pelos alunosconto de sogra dando para genroconto real meu vizinho me agarrouconto fiz que papai tirace meu cabaçozoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguaconto erótico vadiaContos eroticos travesti iniciantecontos eroticos com mae e filho e pai assistindoboquete gozada boca amiga contospornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos de sexo de ladinho com com a irma dormindo ao ladominha esposa transou com a molecada contosconto erotico Meu amigo hetero deixou eu chupar o pai delewww.finhinhas.pornconto estrangeiro picudocomvidando e comendo amiga de sua mãeprimeira vez que dei o rabetãocomo fuder com banana verdePeito bicudo da minha mae contosContos filho deixa mae so de calcinhaComtos xxx minha mulher crente de tanto dar o cu ela levadedada e nem sentecontos reais eroticos na formatura casaisconto erotico casada comdp e fotoSou casada fodida contosou apaixonado pela minha mãe sexo incesto contos novoswww.contos gays na bebedeira cerveja e xixifotos cim zoom so de cacetes duros melado de porracontos eroticos traindo o marido no onibusconto erótico meu padrinho me estuprouenquanto dormia filho pos a tola em minha boca contos eroticoscontos eroticos de sogras na faixa 47 anosfotos e videos de minha irma mais velha batendo siririca eu e minha cunhada pegamos e gozamos juntoconto engravideu minh sobrinhaconto eróticos eu mãe e irmã no hotelcontos eroticos fudendo garotos hetesexualcontos eróticos marido chega em casa e esposa ta dando pro cunhado e cunhada participandohistória verdadeira de sexo entre homens bi sexual no banheiro metrô trem ônibustrai meu marido bebado com seu amigo bebado na sala contoscontos de sexo com novinhas trepando com advogadosengravidei de outro conto eroticoafinando a língua no cuzinho do cara para ele metendo gostoso nelacontoseroticostesaovidios novinhas dos mamilps diros pontudosnovinha menor vizinho dotado arrombou o cu contoconto erotico minha mulher sem calcinha tomando injeçãoMEU CORNOEU QUERO ESSA PICA TODA DENTRO DE MIM, SEM CAMISINHA QUERO SENTIR ELA GOZANDO BEM NO FUNDOcontos eroticos surpreendeu a esposacontos eróticos minha esposa me contando como me corneoucontos ela gozou no meu dedo no metrôcontos fodi menininha por doces