Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM PRAZER DIANTE DE UMA MENTIRA ...

Meu especial leitor, hoje ñ estou muito bem, pois minha vida não parece mais a mesma, meus sentimentos se tornam confusos e realmente pensativos.



Hoje tenho uma vida normal, um jovem garoto de 23 anos, vive uma vida pacata socialmente e tenho uma filha fruto de um erro sexual, porem uma das coisas que me faz ser a cada dia mais feliz.



Tenho um coração pulsante e amo a minha vida, tenho uma vida comum, porem às vezes as duvidas de quem sou e o que faço aqui nesta terra me deixa pensativo.



O beijo, o tocar, o corpo e a mente brigam com as minhas buscas. O sexo se torna aventura e eu não consigo de uma certa forma olhar no espelho e me ver como um homem, a vida me ensina que amar é algo tão necessário, mais distante.



As vezes ao beijar um garoto, transar e fazer do sexo algo comum me torno anormal, tenho medo e duvidas, me sinto criança, me sinto constrangido e ao olhar para a sociedade, para meus amigos que acham que sou hétero me sinto um enganador,



Engano-me a cada dia mais e vivo em uma luta diária de medo e duvidas de desrespeito e de mentiras, pois a pior mentira é para si mesmo.



Meu especial amigo e leitor, sei que às vezes um conto é importante, porem hoje não consigo mais escrever a não ser este desabafo, esta carta de engano pessoal.



Tenho uma vida comum, tenho uma ex-mulher, uma filha e uma mentira que sufoca minha vida, não consigo me entender, não consigo me sentir e me tocar.



Deito na cama com homens, beijo, faço sexo, me sinto feliz, porem me sinto sozinho, tenho relações homossexuais a cada dia mais frequentes, porem a minha vida social me sufoca diante da minha mentira.



Vejo-me diante de meu corpo jovem sujo, nojento, desonesto comigo mesmo e me sinto realmente muito alem de um escritor e sim um líder de uma mentira contada para todos que de um modo acreditam em mim.



Cada nova relação sexual é um prazer mutuo, um prazer no tocar, no sentir o corpo da pessoa, no prazer de estar com aquele sexo, com aquele menino, porem ao terminar que vejo gozar diante da falsidade, da mentira, porem minha mente continua e se enganar e gostar de tudo isto.



Neste momento fecho esta carta aberta lamentando e dizendo que a vida é um livro aberto, onde as minhas páginas são cercadas de mentiras e de engano pessoal e que um dia pagarei por tudo.



Pela mentira contada, pela gozada sentida, pelo beijo de língua, por mim mesmo e me sentirei muito alem de um pecado, muito alem de uma historia contada.



O pecado do prazer, a luta entre a mente e a verdade, entre cada momento vivido e cada segundo ha. viver. No entanto tento me entender e fazer com que a mente vá alem da mentira, e que o corpo não pague pelo pecado contado e sentido.



Meu coração treme, minha vida se torna cada dia mais difícil e o choro é inevitável, porem lembro que um homem de verdade não chora, mais é inevitável não chorar diante de tanto medo, de tanta angustia, de tanta mentira.



Meus olhos se tornam lagrimas diante do sexo feito, diante da falsidade de quando estou em uma roda de amigos e passa uma gatinha e eu finjo achar gostosa. Minha mente se perturba com a historia de gays mortos, atacados pela ignorância de poucos ou seria de muitos.



Vejo que a sociedade é machista e que ser hétero é bonito para manter o emprego, para ser comum em uma roda de amigo, para não ser a bichinha fresca, para não ser mais um viadinho a contar. Porem quando as luzes se apagam tudo o que é bonito se torna lindo, e a mentira se torna algo mais que mentira, é uma falsa ilusão.



Se iludir com o poema mal contado, com a luz que apaga, se iludir com sigo mesmo, se iludir, palavra ou rotulo?



Meu caro leitor encero dizendo que viver vai alem, é cair em choro, é viver, é amar a um homem e mentir para muitos, é pior do que tudo... É ser o que você não é!!!!



É ser um ator da sua prápria historia, da sua prápria mentira... é mentir para si mesmo.



E olhar para traz e ver que a saga continua com muitos desta novela sem fim....



-FIM-



ASS – ThyAggo



MSN:



[email protected]



---------------------------------------------------------------------------------------------------------



Acesse:



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico da esposa do meu irmãogay conto o menino cuzudinhotive que comer ela /contocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscomendo a bucetinha da filha da vizinha novinha contosele falou que ia me deixar se nao me entregasse virgindadecontos eroticos em audio de envangelicas que gostam de dar o cuozadia. e amole. picaconto gay "punheta pro seu macho"Conto comendo a cu dar empregada por chantage brincadeiras excitantes contos eroticosSou casada fodida contona quarta feira de cinzas contos de sexoMinha esposa adora um homem negro contos eroticoscontos eróticos da casa da irmã queridacontos de sexo com viuvacontos eróticos meu marido eu e meu alazãoconto erotico arrombei o travesti do baile funkoq e boketizinhoContor eroticos quando eu era pequena dormia com meos pai e quando mamae dormia papai me fodiaprimeira vez que dei cu pedreirogozando la dentro da buceta vermelhinha da dimenocontos amante da sogra gorda que metequad erotico a apostaconto erotico a mulher me encoxou no onibusO cabacinho foi para o padrinho (2) contos eroticosqueria saber mulher realista metendo muito morena peitudacontos eroticos me mastubo brechando minha vizinhaairmã transformassem roupa vídeos pornô doidodesde pequena pratico zoofiliaEu sozinha como.meu filho em casa deu no que deu conto eroticopassando lápis na bucetaconto erptico na mesaContos minha esposa com velhinhoscontos mia subria noviaminha esposa me contando os detalhescontos viado arrombadocontos eroticos-fui malhar com minha tia e acabei comendo o cu delafudeu e gozou dentro do cuzinho do barbeiroSou casada Minhas filhas me viram sendo fodida contoMeu irmão mandou eu deitar com elecontos eróticos de professor Gayminha mãe da pro filho da empregada contoscontos eróticos de prendedor de mamilosmim mastrudo dia sou mulhe contoscontos eroticos sendo arrombada no onibusContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos arrombado por cdConto erotico menininha cagando no pintocontos irmâ da esposaUma buceta fofinha afim de um dotado contoscontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigocontos eroticos redecasadas piranhudas e cornos submissoscontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestinovinho do cuzao com chorte xvidiomarido veda olho da esposa e genro tranza com elacomto erotica erotico feinhameu chefe comeu meu cu a força contosconto erotico.de novinha gosando com o paicumi minha intuadaCasa noturna,prostituta contos ?porno doido costureiro medindo os seiospunheta no caoconto papai noel tirou meu cabaço gayContos eroticos exibindo para o vizinhoanal duplo com travestis conto eroticoasfantazias das mulher de pornocontos vi meu marido bebado esperando nossa filha peitudacroa de pernas abertas dando pro marofocontos eroticos meu genro pausudo arregacou minha bucetacontos sexo minhas duas tias me espiando meu pausaobronzeamento com a amiga greluda contome comeu buceta e cu chorei contovídeos pornô muller que esta usando vestido de veludo analcontos fofinha menina de dez anoscontos sou casada e comi um novinhocontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraocontos eroticos comida no escuro com o marido dormindo ao ladovou ja ja no meu bucetao gostosoA menina e o cachorro conto erotico