Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU O PADRE O SUA CADELA

Click to Download this video!

Eu o Padre e sua cadela





Mudei em fevereiro de 2008 para uma pequena cidade no interior de São Paulo, a cidade era tão pequena que não tinha nem cinema e sá tinha uma única igreja.

Como era começo de ano fui até a igreja para uma reunião de mães para os filhos ingressarem as aulas de ceticismo. Quando cheguei no salão paroquial logo uma das mães me perguntou se era nova na cidade respondi que sim então ela me disse que eu não conhecia o padre ainda, eu falei que não então ela disse ele é um tesão.

A Reunião começou assim que aquele monumento entrou no salão, era domingo de manhã e ele havia acabado de sair da missa, estava de batina mas era uma coisa de ficar de boca aberta, tinha uns 40 anos 1,80m o corpo magro, loiro olhos azuis um deus, eles deu um oi geral e deixou a catequista dar prosseguimento a reunião ao final da reunião ele agora com a palavra pediu candidatas para auxilia- lo no dia seguinte para a montagem das classes, eu logo ergui a mão achando que seria normal e a maioria das mães fariam o mesmo, mas para minha surpresa fui a única candidata a ajudante do padre.

No dia seguinte apás o almoço cheguei na casa paroquial, bati na porta, o padre agora sem batina com um jeans e uma camiseta colada, entre abriu a porta e disse entre estou segurando a Diva para não sair.

Entrei e vi que Diva era uma cadela enorme que ele segurava pela coleira, perguntei ela morde ele disse não so lambe, estranhei a colocação mas achei que estava brincando, e ele continuou estou segurando, ela não pode sair esta no cio e ai já viu fica uma cachorrada na minha porta.

O padre então soltou a Diva e mostrou um lugar para eu sentar, sentei meio desconcertada pois não conseguia tirar o olho no volume que estava por debaixo do jeans apertado do padre, era tão grande que parecia que ia estourar o zíper, sentei em uma cadeira dessa que tem descanso para os braços, logo que sentei a cadela avançou na minha direção e enfiou a fuça no meio das minhas pernas e começou a me cheirar o focinho dela molhado e frio encostou direto na minha xoxota estava de saia e ela parecia que sabia o que estava fazendo.

O Padre ficou olhando e disse relaxe ela esta so dando as boas vindas, a cadela safada começou cheirara mais e mais, e der repente começou a lamber, nessa altura minha xoxota já estava piscando e toda molhada não conseguia disfarçar o tesão que tomava conta de mim, o Padre se aproximou baixou e levantou minha saia, eu estava com uma calcinha pequena dessas que enterram na bunda, ele sem dizer nada foi tirando minha calcinha, como o pau dele estava visivelmente duro por debaixo do jeans fiquei esperando ele por para fora e meter em mim, eu já estava totalmente molhada com as lambidas da Diva, ele tirou toda a minha calcinha, ela a cadela continuou lambendo cheirando, foi ai que ele abriu o zíper e tirou aquele pau imenso ( devia ter uns 23cm) abaixou, eu nesse momento abri as pernas e deslizei na cadeira para facilitar ele começou a acariciar a cabeça da Diva que estava praticamente toda na minha boceta pegou a cadela pelo meio ergueu na altura ideal e meteu a rola na cadela ele ficou ali metendo na cadela e ela me lambendo aquilo me deu um tesão tão grande que gozei na língua da Diva, gozei gemi até uivei, quando achei que tudo já tinha acabado o Padre tira a pica da cadela e pega um desses consolos de borracha que tem duas cabeças, e fala quer brincar Diva com a moça, a cadela então virou aquela xoxota enorme todo inchada para mim e ele pegou o consolo de duas cabeças meteu uma em mim e outra na cadela, eu fiquei literalmente grudada na cadela que agora lambia a pica do padre.

Lágico eu tive que comer a Diva, meti gostoso nela, não sei se ela gozou mas eu esporrei no cacete de borracha que esta dentro dela, e como ela lambe muito gostoso o Padre gozou espirando porra na cara da cadela .

Foi a foda mais alucinante que já tive em toda minha vida, também entendi porque nem uma das mães levantou a mão para auxiliar o Padre tesudo.









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto - so cabia um dedinho na bucetinha delaconto erotico fodendo a michelecontos erotico vestido tubinhochantageada e humilhada pela empregada negracontos eroticos dei a buceta pro menino q olhou meu carroContos eróticos gay camisa socialrelatos de um negao roludo me desvirginouconto meu marido fazendo carinho em mimcomendo e sendo comido por hipermegadotadovídeos de********* pornô da mulher morena que tem os peito grande para batata chupa a goza na cara melada cara tôRelatos verdadeiros de homens casados tarados pra mamar em rabo de viadinhos afeminadosvedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhacontos eroticos esposa no.futebolgay conto erotico taradao num cuzinho masculo de seis aninhosfui errabada pelo meu avoporno de marido bebedo em casa obricando a esposa a fazer sexo com eleminha iniciacao gay sendo a mulherzinha do negao contos pornoRelatos de casada puta esfregando a bunda gozada na cara do corno otarioSou casada fodida contoxvideo assediana em csa baiximhacontos papai quase me rasgou na picaconto erotico bundinha de garotoeu quero ler contos eroticos com mulheres que adora da pra homens da pica de cavaloContos dois na minha mulhercontos punhetei meu irmao gemeo quando ele dormiacontos erotico com foto de mulhe trasado gozado gostosoninfeta beijando peitoral de travesticontos eróticos no colo pra me terConto erotico de evangelicascontos eroticos: menina por desconhecidoconto comedo que meu filho virasse gay dei pra eleConto nem acreditei mas tirei o cabacinho da menina.contos eroticos fui comprar cerveja e.comeram minha esposavoyeur de esposa conto eroticoconto de sogra dando para genrourso velho peludo gay contosContos eroticos orgia forçadaDiaristasafadinhavideos mulheres negras coroas de absorvente internoVilma metendo dos friston sem ser em desenho o vídeo erótico metendo sem ser em desenhodei contosmeu primo e minha amiga contos eróticosContos eroticos cadela da cachoradacontos eroticos mae com filhos deficienteconto erotico a noivabrincadeira de lutar comi o viadinho. contosesposas evangélicas fudendo com entregadoressenti que meu marido queria ser corno contocomeu o cu da filha do patrão novinha de17 pornodoidoFui passear fui estupradocontos eróticos dormindo na casa do namorado depois de uma festaminha cunhada gosta de piroca grossa,contos e relatos eroticoscontos climax meninas inocentesContos eroticos mamãe e fogocontos de mulheres que gostam de lamber conasConto meu tio me fez mulher com seu pau enorme.Irmao viajando com a irma no colo conto eróticoLora dismaiando no cu no anal em tres minutosvirei puto dos segurancas sadomasoquismo conto gayContos erotico suruba com meninas pequenas e vigemsContos examinaram minha xxoxtacontos com dog pica gigantecontos eroticos casadas e pedreirosconto erotico minha prina rafaelacontos eroticos meu amiguinho me encoxoucontos eróticos minha mãe no esconde escondeve porno com viadinho reganhado escorreno porracontos eroticos syrubascontos eróticos de lésbicas incesto com consolo grande tirando o cabaçominha mulher puts molecada contosContos gay meu vizinho novinho gostava de pegar no meu pauzaoCreme dental no cu da putanovinha quero ver voce cimasturbando hoje olinecontos eroticospais e filhas novinhassendo assediada na sala de aula contos eroticosconto transei com meu pai na despedida de solteirawww.contos de abusada desde pequena pelo tio no incestoIrmas casadas taradas carentes sendo enrabadasMe comeram ao lado do meu namoradocomo perdi o meu analmeu amigo pediu pra eu comer sua namoradaconto cavalo cu traicontos eróticos márido perdeu a apostafilme de sexo nacionais deixando gozar dentro da buceta dela Mambucabameu marido morreu e eu to com tesaocontos eroticos me amarrou e o cao meteu no meu curola mole rola dura bate até que furacontos eroticos feminino cunhadoSou casada mas bebi porro de outra cara contosconto.erotico.tia.sogra.cunhada