Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU NOVO AMIGO!

Click to Download this video!

Resolvi mudar o visual para a festa que ia ter mais tarde, era uma festa junina do ano passado (2011). Estava tudo conforme o planejado, muita gente confirmada, criançada para brincar com outras, cadeias, lanches, bebidas, brincadeiras, atrações, estava tudo perfeito. Queria ficar linda para aquela noite, comecei a me produzir no dia anterior, pelo fato de ser loira, sempre fui bem branquinha com olhos claros, mas meu cabelo era loiro até demais, resolvi pintar de preto, ficou bem escuro e gostei do que havia feito. No dia, havia comprado um salto alto preto, extremamente lindo, e uma camiseta xadrez para acompanhar o clima de festa. No dia da festa fiquei a me produzir, a camiseta, aparecendo de leve os seios fartos, uma calça Jeans que realçava a minha bunda, e o salto, meu namorado ficou louco, queria me agarrar e me agarrar. Mas eu queria curtir a festa. Chegando lá, foi tudo perfeito, havia um homem negro, aparentemente pelos vinte anos muito bem educado e feliz com o clima da festa junina, muito educado chegou elegante para mim. rnrn- Ei moça, tem nome? ? Ele perguntou delineando um sorriso, expressivo, sorri e arqueei os ombros. rn- Meu nome é Alessandra, mas pode me chamar de Lele. ? Disse, sorrindo.rn- Alessandra, nome bonito, vem cá, está sozinha, vamos dançar? Sério, de amigo. ? Ele perguntou esticando as mãos.rn- Claro. ? Falei dando a mão, me levantando e indo para o meio da festa.rnrnA musica era obviamente, de caipira, ou de criança para que todos voltassem no tempo, começamos a dançar, ele era um homem legal, bastante educado, dançava bem, meu namorado não havia ciúmes, ele conhecia o homem, que no qual eu ainda não sabia. rnrn- Não me disse seu nome. ?rn- É Rodrigo. ? rn- Que nome bonito, Rodrigo, você dança bem. ? Falei, ele agradeceu e voltamos a dançar as musicas que colocavam. Ele pegou o meu numero e nos tornamos grandes amigos, ele me convidava para as festas, eu ele, e ficamos diversas vezes dançando. Meu namorado começou a sair com uma mulher também, minha amiga, mas não dava bola, confiava nela assim como ele confiava no seu amigo que saia para dançar comigo. rnrnUm certo dia, ficamos nás quatro juntos, assistindo filme na casa do Rodrigo, era uma casa grande, bem bonita, cheio de moveis, e vi que ele tinha um bom gosto para as coisas, alem de ser muito simpático. Meu namorado não ficou nem aos 19 minutos de filme, porque queria curtir uma festa, beber, e a minha amiga saiu, me perguntou se havia problema, eu disse que não. Ficamos eu e Rodrigo em casa, aquele dia eu estava vestindo um salto, um vestido decotado, e os cabelos estavam soltos, ele adorava por a mão nos meus cabelos, me fazendo cafuné, ficamos assistindo diversos filmes, até que peguei o controle e resolvi mudar de canal, foi passando e parou sobre um filme pornô, o homem metia na mulher com força e logo mudei o canal. Ele riu e eu ri também, ficamos assim por um instante, até que coloquei a cabeça sobre a sua perna, para assistirmos um filme de ação. Mas eu sentia algo duro até demais, e sabia que não era o cinto. Aquela mão que me fazia carinho no corpo era gostosa, tocava com desejo, e parava sempre nas minhas coxas, eu olhava para ele e ele ria, quando eu fui desabotoando a calça dele e ele afogou a mão na minha calcinha.rnrn- Desde a festa eu queria te levar para a cama. ? rn- Tão safado assim, negão? Mas eu não posso...- Falei, estava com um pouco de medo, e fui me afastando, mas a mão dele circulava a minha boceta.rn- Hm, e porque? ? rn- Porque tu sabe, tu é negão, vai judiar de mim... ? rn- Vou sim, e vai ser bem gostoso. ? rnEle pegou nos meus cabelos e foi me levando, era grande, muito grande, cabeçudo, inchada e roxa, abocanhei sem pudor, sempre quis transar com um negro. Me deliciava com aquele pedaço de carne, e logo ele me colocou de quatro e disse que ia judiar da namoradinha. E me enrabou gostoso, foi metendo profundo desde a primeira estocada, minhas pernas se entortavam e eu gemia baixo para não acordar ninguém, abafava os gemidos com a almofada. Via que ele realmente tinha um desejo incrível de me comer, e não parava, quando eu achava que sim, voltava a meter, coisa que meu namorado não fazia a tempos, estava dois meses sem transar. Aquela vez, transamos mais quatro vezes, e na ultima ele me agarrou pelos cabelos.rnrn- Quero gozar na sua cara. ?rnEu nunca havia deixado meu namorado fazer isso, mas estava com muito tesão.rn- Goza, eu deixo. ?rnEle me puxou e me agachou, a cabeça do pau ficou circulando no meu rosto enquanto ele se masturbava, quando vem aquele jato quente de porra contra o meu rosto, pastoso, quente, delicioso, me encheu dela, meu rosto ficou coberto de goza, inclusive na boca, que engoli. Ele pegou o celular e colocou o seu pau do lado do meu rosto para tirar uma foto.rnrn- Agora tu vai ter que me dar gostosinho sempre.rn- Eu dou sempre que meu negão quiser. ? Falei.rnrnTomamos um banho e dormimos na cama juntos, no dia seguinte repetimos a transa a tarde inteira, ficamos juntos nos fins de semana, mas meu namorado ainda tem a mania de sair com a minha amiga, aposto que ele deve me trair também, afinal ela é bonita e gostosa, então eu e meu negão aproveitamos para dar uma boa transada, gostosa, aproveitamos para fazer vídeos e tirar fotos.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos foi a melhor foda que tivecontos pornos mamae carinhosameu policial chupou meus seiosrealizei a minha maior fantasia transei com um jovem loiro do pau grande e meu marido assistindocontos me fuderam atraves de chantagensconto porno gay teen mulatovideo de mulher transando no atelier delacontos sobrinho pega tiao travesti apertou os meus mamilos e me comeufoi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelacontos eróticos solitáriovideo porno gay o promo etero bota o primo gay na surubaconto de iniciação transex quando tudo começa.contos provocandomacho casado ativo contoconto anal evangelica carnudaContos eroticos pai q criou a filha sozinha trepando cm a filinha virgemcontos velha casada fudendocontos eroticos familia unidacontos eróticos mete um milho na bucetacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosEnfiim chegou os 19aninhos sua loucaContos eróticos- guarda florestal de pau gigante me arrombouminha mulher confia em mim eu filmei joguei na internettitio disse q ia fazer passar a vontade de fazer xixi contos eroticoscontos eroticos peguei meu marido chupando os peitos da prima delecontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eróticos marido Cafajestecontos porno travestis estupros sadomazoquismoMe Estruparam No Banheiro da escola contos eroticos gayscontos eeroticos peguei minha sogra no flagracontos eróticos sadomasoquismo exttemocontos eroticos pego gostoso o meu filho gueicomto gay mecamico perfeitocasa dos contos eroticos novinhas delicias cedusindo o tiocontos porno sogrobunda queria sentir a rola entrando devagar contominha piroquinha dura no cu do molequedurmo com minha irmã contocontos reais punheta gozadascomeu a cunhada dopada de remedio contostenho namorada e fui arrombadocontos inserto fatos reais gayconto eroticos a buceta da minha esposa so cheirava porracontos eróticos engravidei de um garotocoroas homeis dois peito cabelundosconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande deleconto amo ser puta mulher 40 anosconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuconto erotico gay fui no baile funk e dei o cu pro travesticontos eróticos de Joanaresguardando a namorada contocontos eroticos minha mulher apanhacontos eroticos ajudando uma amiga e suas duas filhas adolecentecontos eroticos adoro um pau grandeconto gay titio gayContos o caminhoneiro me chupou inteiraSo passei a rola na buceta da minha professora na salacontos eróticos com a lindinha de 11na hora do horgazmo gozandocontos de casadas sendo assaltadas e estrupadas gozando gostosocontos menino calcinhaEu não falo a polpa da bunda da primacontos eróticos gay esfregacao entre pai e filhodei pro japones contocontos gays mamando no mamilopornô doido a tia convencia sobrinha a chupalaMinha ginecologista me chupou contos eroticoscontos eroticos da esposa escravizadaconto filha conta p mae que quer peder o cabaço c o paiconto gay no matoPega minha xerequinha tio contos eroticosconto mulher usa a buceta pra fazer caridadebisexual contoscontos eróticos mulher bunduda