Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FLAGRADO PELA MULHER COM SUA CALCINHA

Click to Download this video!

Flagrado pela minha mulher com sua calcinharnSempre fui louco por mulheres com suas calcinhas minúsculas e transparentes, adoro cheirá-las e até usá-las de preferência que estejam usadas sem lavá-las.rnMinha mulher sempre deixa as suas calcinhas penduradas nos cabides do banheiro, esse motivo me fez contar sobre meus desejos, e o fragrante que ocorreu na semana passada.rnTenho um tesão louco por Adriana mulher realmente desejada, bunda grande pernas roliças e adora ser arrombada, totalmente liberal, sá não libera seu lado ?bi?, até esse dia, talvez medo de minha reação, tentei por várias liberá-la mas, não adiantou ela foge do assunto.rnAo entrar no banheiro vi sua calcinha marrom transparente, minha preferida, não resisto vou logo tirando minha roupa para usar aquela delícia, sempre na hora do banho, a enfio no meu reguinho e provoca um tesão maravilhoso, meu pau já começa a sair para fora, não tem calcinhas minúsculas que comporte um pau seja ele qualquer tamanho, começo a me masturbar em frente ao espelho olhando minha bunda com aquele fiozinho enfiado. Loucura ou não é gostoso.rnAdriana entra no banheiro e dá aquele ?flagra?, tomei um susto e fiquei sem reação, pra minha surpresa ela disse para eu não parar.rn-Que delícia, falou com seu olhar devorador bisexual enrustido, tirou seu vestido caseiro estampado com detalhes branco e preto que cola naquela bunda enorme, quando anda entra em seu rego, tira a concentração de qualquer homem que goste de um rabinho gostoso, tirou a calcinha usada colocou em meu nariz, sabe que adoro cheirar seu cheiro de sexo, mistura de buceta e cuzinho, irresistível, veio por traz e começou e raspar sua vulva na minha bunda, seus pelos roçavam meu rego que e com suas mãos abria e apertava minha bunda, gemendo em meus ouvidos e sussurrando palavras maravilhosas como, quero comer esse cuzinho delicioso, foi descendo lambendo todas partes da minha costa até chegar na meu rabo com sua calcinha enfiada, sá escutava falar ?que gostoso esse cu, maravilhoso?, puxou a parte que estava enfiada, lambia loucamente como se fosse um doce desejado, muito vontade e lubrificou totalmente meu rabo.rnPegou pela minha mão me levou até a cama mandou que deitasse com a bunda para cima, saiu do quarto foi até o outro onde guardamos nosso brinquedinho erático, que usamos quando ela quer dar várias gozadas e ser fodida pela frente e por traz de uma sá vez.rnEu deitado com meu cu todo lubrificado ainda com sua calcinha, ele traz consigo o lubrificante e ?seu pau?, um tamanho até para quem nunca deu, um tanto grande mais ou menos 19 cm., falei para ir devagar, respondeu ela ??fica quietinho para que realize meu desejo de comer esse cu gostoso?. Baixou a calcinha até chegar nos pés tirou apenas de uma perna que ela queria ficar olhando aquela peça minúscula no meu corpo, lambeu mais um pouquinho, passou o lubrificante com o dedo no meu cuzinho e foi enfiando o dedinho, dizendo que era bem apertadinho e que iria iniciar aquele rabo.rnTemos uma cinta que prende o pau artificial de gel muito parecido com um verdadeiro, colocou a cabeça na entrada do me cuzinho, gemendo muito, louca para comer meu rabo, falava palavras gostosas, e foi enfiando, eu tentando relaxar para não dificultar mais, doía um pouco,?fica quietinho que estou enfiando devagarzinho, dizia baixinho em meu ouvido, quando percebi já estávamos unidos por aquele pau, totalmente dentro do meu cu, com sua respiração ofegante começou a entrar e sair do meu rabo até que relaxei e me entreguei totalmente aos seus desejos, num ritmo maravilhoso, ficamos por mais ou menos uns vinte minutos, nessa posição, logos apás pediu que sentasse para ver seu pau ser cavalgado pelo seu macho que agora era sua putinha, atendi prontamente, já com mau anel acostumado fui sentando até entrar totalmente e comecei a cavalgar, ela pegou no meu pinto já estourando e começou a bater uma punheta até eu gozar, a porra chegou em sua cara e em seus peitos, ela passava a mão e levava até a sua boca e me beijava misturando minha porra com nossa saliva.rnLágico que apás essa loucura não poderia deixá-la na mão, fui pra cima dela e comi seu rabinho e sua bucetinha, não sei quantas vezes gozou, mas tenho certeza que foi o seu recorde em gozadas.rnEspero continuarmos nossos desejos por muito tempo ainda.rnAbraço a todos.rnrn rnrnrnrnrnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


x vídeo mulher da cu virgema outro antes de da marido conto eróticoscontos eróticos amigas passando a mão na bunda umas das outras19 anos contos gaysirma fofinha bunduda deu o cuzinho pro irmao mais novo contos fotosfortisinhoera menina meu primo batia punheta pra mim olharcumendo cuzinho gostozinhoporno marido da vizinha foi viajar e fui pozar na casa delaconto pegamos nossos filhos transandocontos porno de madame recatada virando puta do seu empregadomamando na velha contosmegane inesquecivel com duas gatas pornodoidocontos de corno. bipassivosbucetinha lisinha e meladacontoscontos eróticos coroas na casa de repousominha enteada um tesaozinhocontos enrrabandominha irma b3m gostosoconto erotico peguei um filhote de cachorro e ele me fudeucontos eroticos a forçameu pai me castigou me comendi econtoPorno.veterinariha.taradacontos eroticos o faxineiro comeu minha mulher parte 2pregador no seio conto erótico pau cheiroso contoconto de encesto sou filho unico meus pais viajarom e eu fui com elescontos fodi menininha por docesentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosoConto casada com cornoconto erotico niseta bebadaComto pego em fragantecasada chantageada e submetida aos limites contos eroticosContos erotico Minhas mamas doem muitodescobrindo que o primo gosta de rolacontos eróticos de lésbicas meu marido mandou sua irmã me ensinar a dirigirgordinha coxas grossa dando o cu para pal grosso de 22cmde verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seiosfui fudido no fliperama contos pornô contos de casais com esposa do pastorTennis zelenograd contojogo de carta em aposta conto incestoTennis zelenograd contoCuviolentadoninguém subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha bocame chantageou conto eroticona academia com o padrasto contosconto sexo cego de ciumeconto erótico vizinha no baile funkcontos vi meu marido bebado esperando nossa filha peitudaajudeia o meu pai a traza com aminha madrasta contos eroticosirmazinhacontos eroticos zt i: blackmailcontos eróticos para ler a sogracontos eritico papai colocou de castigocontos erotico eu meu marido e velho do fundo de casaamiga da buceta e bunda grandes contos eroticosrasgando um cu virgem da freira- contoscontos eróticos homem velho casa caipirinha novinhaLingua na buceta contoscontos eroticos meu cunhado estourou meu cabacinhoconto erótico de tiazinha rabudacontos eróticos mamãe deu o cu eu vicontos eróticos gay foi au delírio na rola dos meus primos.comcontos gays gemeoschupo minha mae contoscontos insesto mae de ferias com filhoconto erótico as duasme tarandocontos eroticos meu irmao tirou mais vekho tirou meu ca bacinhoadvogada conto etoticocomi a n********* na mata contos eróticosA rainha que dava a bunda para os strapon contos eróticos - dando carona pra duasCasAda pulando cerca contosconto menina adotada gozeicontos inocênciawww. indiando a rola na gostosa por baixo do vestidoFoto pirocudo rasgando bucetinhacontos eroticos sendo jantar"contos eroticos" duas cunhadasconto eroticp de titia rabuda la em.casa so de sainhaSem a minha permissao contos eroticoscontos manacontos eroticos de enteadascontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissogostosa da propaganda da Tininhacontos eroticosde incestos anal chorandona picacontos eroticos arrastada pro mato e enrrabada pelo brimo da rola grossapornô grátis boa f***.com só contos preta peituda transando com genrowww.contoerotico.pai e flha na chacarafudi a bundinha da juju com minha rola grande contoscontos com sogras acima de 50anos pornôrelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasconto adoro um cu de gorda