Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VOVô E NETINHA

Click to Download this video!

OBSERVAÇÃO: Todos os meus contos são relatados como num diário, ou seja, mesmo sendo fatos de um passado distante contarei como se tivesse acontecido a pouco tempo. Tenho 30 anos, morena, seios fartos, bumbum grande e cintura fina, cabelos negros, bct lisinha e apertada e, já vivi muitas histárias safadas.rnrnrnVOVÔ E NETINHA - Conto 01rnrnQuerido diário,rndesculpe a demora em escrever em você, mas desde o meu aniversário de 19 aninhos meu vovôzinho não me deixa em paz... No início era sá uma brincadeirinha que tinhamos, mas agora a coisa esquentou...rnrnMeu avô tem mais ou menos 60 anos de idade e é separado da minha avá, ele morou muito tempo sozinho, mas agora por causa de uns probleminhas de grana ele veio ficar um tempo aqui na nossa casa, ele é bem conservado e muito safado também. Sou netinha única, então recebo todos os mimos possíveis, foi por causa disso que começou as "brincadeirinhas" com vovô João.rnrnUm dia estava brincando de casinha no meu quarto quando vovô gritou:rnrn- Princesinha do vô vem aqui...rnrnEu mais que depressa levantei e fui. Chegando na sala ele estava sentado na poltrona do papai vendo um desenho animado e sorrindo bastante. Ele disse:rnrn- Vem fazer companhia ao vô minha princesa, todos da casa sairam e fiquei aqui sozinho. Vem que tá passando um desenho legal.rnrnSentei no sofá e ele logo foi pegando no meu braço e disse:rnrn- Uai, minha netinha, senta aqui no colo do vovô que eu vou ficar fazendo carinho. Eu sei que você gosta quando faço cafuné nos seus cabelos... rsrsrsrnrnEstava usando um shortinho bem frouxo, uma calcinha branca de algodão e uma blusinha regatinha. Meus peitinhos estão começando a apontar e eu não uso sutiãn em casa, sá na escola por causa do uniforme meio transparente.rnrnSentei-me no colo do vovô e fui ver desenho enquanto ele passava as mãos nos meus cabelos, apoiei a cabeça no seu peito e fiquei sentada de lado, com as penas no braço da poltrona. Fui me aconchegando no colo do vovô, quando de repente...rnrnComecei a sentir algo endurecendo entre as pernas do vovô João, roçando no meu bumbum. Achei um pouco estranho mas não quis dizer nada, afinal, era meu avô né!rnrnEle começou a respirar forte e me ajeitar no colo dele e disse:rnrn- O desenho tá bom minha princesa?rnrn- Tá legal, mas seu colo tá um pouco duro vovô... Por quê?rnrn- Ora, não é nada. Assiste ao desenho animado que vou consertando você no meu colo até você não senti a costura grossa e os botões da roupa do vovô viu?rnrn- Tudo bem!rnrnA partir desse momento, ele ia me pegando nos braços e me sentando no colo... Tinha momentos que ele me empurrava forte contra sua virilha ou então, esfregava "a costura grossa" na minha bunda. Quando isso acontecia, ele respirava ofegante e eu sentia uma coisa gostosa dentro de mim me deixando cada vez mais mole e molhadinha. Meu avô dizia coisa sem sentidos no meu ouvido e me apertava contra ele...rnrn- Meu bem - disse meu avô - senta de costas pro vô, quem sabe assim melhora.rnrnAo me ajeitar no colo dele, o safado do meu avô começou a passar a mão na minha bucetinha sobre a calcinha perguntando fingindo está nervoso:rnrn- Uai, o que é isso? Você fez xixi na roupa menina?rnrn- Eu não vovô... rnrn- Mas era sá o que me faltava, deixa eu vê se foi xixi mesmo?rnrnEntão continuei sentada de costas prá ele toda sem graça e sem entender por que minha calcinha estava tão meladinha. Ele esfregava o pau ainda dentro da cueca em minha bunda, entrelaçou um braço sobre meus peitinhos com a outra mão ficava passando os dedos na minha buceta dizendo:rnrn- Nossa, você tá tão molhadinha que parece que fez xixi no colo do vovô (respirava forte no meu ouvido e esfregava seu pau em mim)... Sua mãe vai ficar muito decepcionada em saber que uma moça já grande está fazendo xixi na roupa.rnrn- Por favor vovô, não conta prá ela (eu tbm estava ofegante e ainda não sabia o por quê).rnrnEu sabia que não havia feito xixi, mas aquilo tava tão gostoso que nem percebi como me molhei tanto.rnrn- Ok... Não conto nada se você também não contar. Vou limpar sue bucetinha com meus dedos e depois você vai brincar. Hum minha ninfetinha, como sua bucetinha é lisinha hein? Vai seu o segredo sá de nás dois viu?rnrnE eu sem sentir rebolava nos dedos do meu avô e concordando com tudo.rnrn- Você é a netinha que todo vovô gostaria de ter sabia? Hum minha delícia, eu adoro dar o colinho pra você... Pena que sua mãe tá chegando, se não você ia ver como o vovô pode ser mais carinhoso com você... Ai delícia!!!rnrnFoi aí que eu pensei que ia desmaiar, meu avô começou a dedilhar toda minha grutinha virgem e a roçar com mais força o pau na minha bunda, era uma sensação tão boa que eu melava inteira até que num certo momento, ai ai ai... fiquei molinha e meu avô respirou mais pronfudamente e disse:rnrn- Pronto, a costura grossa não vai incomodar mais você, vai se lavar e brincar com suas bonecas. Eu vou tirar um cochilo aqui e mais tarde levo um presente prá você, mas sá vai ganhar se o que aconteceu agora ficar em segredo ok?rnrn- Ok vovô.rnrnQuando levantei, vi que as calças do vovô estavam tão meladas quanto a minha calcinha! Estava louca prá sentar novamente no colo dele e sentir aquela coisa dura de novo...rnrn(CONTINUA...)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


home subimisso bebi xixi da rainha conto anal carnuda carenteconto eróticos gay hulkesposa seria se bronzeando em casa contoeu quero vem pica de cinicomecontos:meu pinto endureceucontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machoconto punheta depois futebolconto erotico sogra seu filho tem um rola grossacontos negao de olho na casadaporno idoido na purberdadeconto erotico niseta bebadacontos erotico meu cu mastigando o tia bate uma pro sobrinho contoscontos gay amigo do irm.aicontos espiano minha mae peitudahomem velho de sunga -site:youtube.comcontos eroticos meu cu coçandoMinha prima viu-me a mastucontos eroticos viadomeu pedreiro gostosoconto erotico trabalho sala reuniaoconto erotico d menino dando a bj da por uma apostaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorestuprado pelo pai na infancia gay contoxvideo contos erotico marido na castidadeFizeram fila pra me arromba conto eroticocontos porno esposas estuprados submissosconto fetiche apanhando da namoradaContos erotico sofrimento de inocentescontos de traicao anal,postados no facebooknovinho delirando na primeira gozadacontos eroticos dei a buceta pro menino do semafarocontos minha mae se exibindo para mhistorias eroticas com saúnas masculinasMeu meio irmão do pau de chocolate contoscontos eroticos o entregador me fodeu na piscinacontos eroticos gay meu pai me comeucontos verídicas de sexo em montes clarostrai meu marido com um moto taxi contoamiga coloca a cabeça dela ensima da xana delacontos eróticos eu e.minha irma novinha de sainha adolecentecontos de strayxcontos meu comedor de cucontos recebendo chupada na buceta e falando putariaNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetacontos eroticos amiga da minha mae velha coroa viuvacontos eroticos porteirocontos reais minha mae chupou minhha bucetacontos eroticos casa nos fundos cerca de arameTennis zelenograd contoAgarrando o pênis com tesãotransando com meu brotherwww.contos eroticos maes e filhosadoro minisaia sem calcinha no busao contoscontos minha mulher pagou minha divida com a bundaconto comi tia do meu amigowww.contos eroticos com fotos de comendo a madrastaver coroas no baile de Carnaval chupando pau passando a língua no sacoContos de sexo virgem dor extrema membro grosso teen incestoxvideo zoofilia muleke pintudo arregaca cadelinhaconto erotico a buceta enorme da minha esposacontos eroticos dei o cu na marra lua de melconto chantagem enteadacontos fidi minha cunhadinha de onze anoscontos betinha vendo a irma sendo fodidatravesti gemendo a ponta da pistolajanaina vem senta na picaContos eroticos gay enrustidocontos eróticos punheta da primacontopaugrandetaxista de short sem calcinha de mulher casada perto de maridolevou boquete da irmã caçula dis que gosta de chuparconto erotico infancia brincando sem calcinhawww.contopadrinhocache:d8S3mF85a4oJ:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria_4_11_incesto.html conto erotico pulando o muro comendo o cu da vizinhapegado carona um casal com camionero contos eroticoconto erotici curioda de senrtir im vibradordoutor esporreando muito no travedtifui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contoscontos gay fudendo com o desconhecido no terreno baldio