Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GRUPAL INESPERADO COM MINHA ESPOSA

Click to Download this video!

Olá Amigos, me chamo Jorge tenho 26 anos e irei narrar uma historia que aconteceu nesse ano de 2012 em uma viagem que fiz com minha linda esposa a uma cidade praiana do nordeste de nosso país. rnMinha esposa Camila tem 25 anos, nos casamos cedo ela com 23 e eu com 24 e depois de dois anos de casados resolvemos fazer uma viagem para o nordeste para descansar e se livrar do stress do dia a dia, como não temos filhos conseguimos nos programar uma boa viagem fora de temporadas podendo se passar mais tempo viajando.rnComo íamos em algumas cidades praianas Camila havia separado alguns biquínis, mas disse a ela para comprarmos na cidade, assim ela não ficaria muito fora de moda. Passado alguns dias embarcamos a nossa viagem que seria nossa segunda lua de mel. rnPara todos terem uma noção Camila é uma linda mulher, cabelos lisos e loiros de olhos verdes, peitinhos e bundinha médios, um belo corpo com 1,73 e 53 kg uma linda mulher. Eu tenho corpo atlético cabelos lisos e pretos 1,80 e 78 kg. Bom da pra imaginar mais o menos como somos.rnDepois de algumas horas viajando chegamos ao nosso hotel onde fomos muito bem recebidos, conhecemos o lugar, conversamos com algumas pessoas, almoçamos e depois fomos fazer umas comprinhas, pois Camila precisava de biquínis novos. Na loja as vendedoras foram mostrando alguns modelos no qual Camila havia pedido que estava habitualmente acostumada a usar. Eu por minha vez sugeri a ela que mudasse seu modelo podendo usar um biquíni até menor do que costume, onde fui super aprovado pelas vendedoras que logo foi mostrando alguns a Camila que se animou com a ideia.rnLogo Camila escolheu três biquínis sendo um menor que outro. Quando ela usou pela primeira vez na praia fiquei admirado pelo seu belo corpo que formou no biquíni, bem cavadinho deixando sua linda bunda de fora, causando muitos olhares de curiosos. rnClaro que me senti enciumado, porem como Camila estava linda e bem gostosa acabei me acostumando e me sentindo o gostosão também, pois minha mulher era observada pelas poucas pessoas na praia e hospedada no hotel. rnDespois de muitos passeios e idas e vindas de praias e mais praias, fomo conhecer uma praia mais afastada e muito pouco movimentada, alias, diria pouquíssimo movimentada, sendo que havia sá um casal de vendedor de bebidas na praia, alias um belo casal, ele Gerson negro alto bem forte, ela Neide uma morena linda baixinha bem gostosinha cabelos pretos curtinhos, um casal muito simpático.rnDepois de muita conversa com esse casal, acabamos fazendo amizade e nos convidou a jantar em sua residência, onde a noite prontamente e pontual estávamos em sua casa. Um jantar muito gostoso com boa comida e bons vinho no qual acabamos passando do normal, como não iria dirigir e estávamos de viagem eu e Camila bebemos mais que o normal mesmo.rnDepois de muita conversa fomos à sala onde Gerson e Neide se sentaram e um sofá e eu e Camila no outro de frente um com o outro, Neide vestia um belo vestido tomara que caia florido bem curto deixando suas belas pernas bronzeadas, Camila também não ficou para traz e vestia uma blusinha bem decotada e uma saia bem curtinha deixando também suas lindas coxas a mostra. rnDepois de certo momento assistindo Tv o papo acabou se enfraquecendo e Neide e Gerson começaram com umas caricias entre eles, caricias essas que começou a esquentar cada vez mais, eu e Camila ficamos sem graça e sem o que fazer sentados no sofá à frente, logo vimos o Gerson enfia suas mãos entre as pernas de Neide que cedia cada vez mais e respondia com carícias sobre a bermuda de Gerson onde deu pra notar que seu pau já estava duro, nesse momento olhei pra Camila sorrindo e nos começamos a nos beijar entrando no clima também, notei a excitação de Camila onde seu leve tecido de sua blusinha já indicavam seus biquinhos bem durinhos.rnEnquanto nos beijamos o clima ia se esquentando e derrepente, Camila se mostrou assustada ao olhar o casal à frente e quando olho Neide havia tirado o pau do Gerson pra fora e o punhetava bem de leve que fez Camila não parar de olhar, o pau dele era visivelmente bem maior que o meu que fez Camila olhar bastante, notei que minha esposa estava bem excitada e que transariamos ali sem problema algum, coisa que jamais pensaríamos em fazer. rnE com um clima bem quente Gerson acaba deixando Neide peladinha ali em nossa frente onde Neide fez o mesmo e sem pudor algum agachou ficando praticamente de quatro em nossa frente e começou a chupar o pau de Gerson, olhei pra Camila sorrindo e senti dela que poderíamos fazer o mesmo, o que acabou acontecendo Camila se levantou e foi tirando sua roupa e eu fazendo o mesmo e logo veio chupar meu pau bem gostoso, senti Camila bem solta e bem mais safada, chupando gostoso meu pau agachada e empinando sua linda bundinha ao casal. rnLogo estávamos transando, Camila sentada em meu pau cavalgando gostoso e Gerson comendo a Neide de quatro no sofá, quando ouço a Neide gemendo e dizendo ao Gerson pra olhar pra nos, que trancávamos bem gostoso, nessa hora Camila olhou pra eles sentada e cavalgando gostoso em meu pau, e empinou bem gostoso sua bundinha pra eles se exibindo bem gostosa, enquanto Gerson comia gostoso a Neide.rnTrocamos de posição onde comia minha esposa de quatro que ficou de lado no sofá assim como Gerson e Neide estavam, onde poderiam nos observar, eles também trocaram de posição onde Neide começou a cavalgar sobre Gerson, não demorou muito e Gerson começou a gozar em Neide que rebolava gostoso sobre seu pau com ele gozando, vendo essa cena Camila também gozou gostoso se liberando e gemendo gostoso olhando pro pau do Gerson que gozava na bela bunda de Neide, logo também gozei gostoso deixando minha esposa com a bundinha toda gozada.rnFicamos ali pro algum tempo nos olhando e rindo, comentamos algo dizendo loucura o que fizemos e voltarmos a gargalhar e nos sentia leves e sem vergonha alguma onde continuávamos pelados. Gerson pelado e com o pau meio mole se levantou onde trouxe taças de vinho para nos, e foi nos servindo ali mesmo como todos pelados, continuamos a beber ainda mais.rnFicamos conversando e tomando vinhos e até altas horas, Neide estava bem alta assim como Camila, confesso que também estava Gerson não aparentava muito. Com isso Neide pediu ao Gerson para colocar uma musica divertida, e feito isso Neide veio ate Camila a tirando pra dançar peladinhas ali no tapete da sala onde eu e Gerson ficamos observando sorrindo pra elas.rnNeide bem mais alta que Camila começou a se esfregar em Camila que entrou no clima e via a minha linda esposa se esfregando em outra mulher coisa que jamais passaria em minha cabeça e percebi que estava adorando fazendo caras e bocas me olhando sorrindo, um sorriso lindo e gostoso se libertando toda, e vendo essa felicidade de Camila acabei entrando no clima e deixando as coisas fluírem.rnDerrepente Neide ali no meio da dança começa a beijar a Camila com selinhos e descendo beijando seu pescoço indo ate seus peitinhos chupando seus biquinhos e continou a descer virando a Camila passando pela sua barriguinha e indo ate sua bundinha beijando e chupando Camila bem gostoso, que gemia gostoso um gemido leve gostoso olhando e sorrindo pra mim gostando das caricias de Neide que foi se aproveitando e chupando sua bucetinha bem gostoso fazendo Camila gemer gostoso pra nos que assistia tudo aquilo e assim como eu Gerson não tirava os olhos e de pau bem duro alisava seu pau olhando a elas, percebi Camila olhando pro pau do Gerson e gemia bem gostoso.rnNeide me olha e diz que gostaria de realizar sua fantasia de chupar uma mulher sendo comida pelo marido dizendo a mim pra ficar tranquilo que seu marido não iria tocar em Camila, olhei pra Camila que sorria como se estivem pedindo pra deixar, o que acabei deixando e então Gerson se levantou se posicionando atrás de Neide que chupava gostoso a bucetinha de Camila, aquilo me excitou e acabei entrando no clima dele, vendo minha esposa toda gostosinha gemendo gostoso com a Neide chupando sua buceta e sendo comida pelo marido.rnNeide foi subindo pelo corpo de Camila onde começou a chupar seus peitinhos bem gostoso a fazendo a gemer gostoso enquanto Gerson não parava se socar seu pau na bucetinha de Neide e assistia aquilo bem excitado e não acreditando que minha esposa estava ali com os dois, Neide bem safada pede pra Camila chupar seus peitinhos onde Camila a atendeu e vi minha esposa se ajoelhar chupando os peitinhos de Neide que estava em pé meia que de quatro com Gerson a comendo por traz bem gostoso sua bucetinha, meu pau parecia estourar de excitado vendo essa cena.rnCamila chupava gostoso os peitinhos de Neide que estava sendo comida pelo marido gemendo muito pelos dois, Neide olha pra Camila e diz se ela chuparia a buceta dela, Camila rapidamente diz que sim, coisa que ela jamais fez e então Neide se vira e se agacha pra Camila ficando de quatro a ela enquanto chupava o pau de Gerson, minha esposa chupava gostoso a bucetinha de Neide via Camila devorando com a língua aquela gostosa buceta e muito excitada me olhava gostoso com cara de safada, uma cara que jamais havia visto, Camila estava muito gostosa e chupava deliciosamente a bucetinha de Neide que também chupava o pau do seu marido.rnNeide foi se sentado na frente da Camila pedindo pra ela chupar seu pescoço e roçar seus peitinhos em suas costas enquanto chupava o pau de Gerson, Camila muito excitada foi fazendo e quando olhei, vi Camila chupar o pescoço de Neide que chupava gostoso o pau de seu marido, em uma ação inesperada Neide começa a chupar de lado o pau de Gerson deixando ele todo pra fora, Camila ao subir chupando e beijando o pescoço de Neide da de cara com o pau de Gerson durão a poucos centímetros de sua linda boquinha, vi Camila olhando pro pau dele onde olhou para o Gerson dando um lindo sorriso a ele, Neide foi chupar as bolas de Gerson deixando ainda mais o pau dele ali na frente de Camila que voltou a sorrir pro Gerson e mordendo seus lábios e olhando pro pau dele sem parar chegou a abrir sua boquinha como se fosse chupar o pau dele, nisso Neide veio voltando chupando todo o seu pau, com essa cena Gerson não aguentou mais e disse que iria gozar Neide abocanhou seu pau onde começou a gozar em Neide deixando a toda gozada, e acabou acertando os peitinhos de Camila, eu vendo tudo aquilo também não me segurei fui ate Camila colocando meu pau em sua boca onde começou a chupar gostoso me fazendo gozar em sua boquinha gostosa, com a Neide e o Gerson ali do lado nos olhando gostoso. rnFicamos ali por um tempo depois fomos tomar um banho e acabamos dormindo na casa de Gerson e Neide retornando no outro dia ao nosso hotel. Foi uma experiência incrível aquilo tudo o que mudou minha vida e da Camila onde passamos a transar com muito mais frequência e lembrando desse dia, algo que pode acontecer novamente. rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camacontos eróticos irmazinhaminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticosTravesti surpresa contosmarido dormiu eu me depilei toda contosContos me exibindobundinhas empinadas virgem contoscontos eroticos minha primeira espanholaIncesto com meu irmao casado eu confessotio vaqueiro conto gayfudeno com duas gostoda e cozamo na caracomendo minha irmazinhano escuro.com/videocanto erótico com amiguinho do meu filho vir para casa e amiguinha delecontos casal com jamaicanocontos porno meus amigos colocaram dois pau no meu cuzinhoconto incesto minha linda maezihavivo porno contos papai gosta de abusa da minha bunda em quanto eu durmiacontos eroticos devoradoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontos eroticos meu grelo e grandecontos fui arrombada dentro de casa pelo baiano amigo do meu maridoconto engravidei a cunhada rabudacontos eroticos menino praticava sexo com a mamae e derrepente a prenhouconto meu amigo comeu o cu da minha namoradapono vitgen nãoa aguentiu epediu p paramcontos eróticos mandei enterrar todinhoDona Florinda mostrando a periquita para o professor Girafales ele lamberrabinho da filha da vizinha com doze anos loca pra fude contos eroticosdebaixo da saia contoscontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realfui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contoso pito da minha sobrinha e o cu da cunhada contoscontos escravizada por chantagensSexos historia tranzei com um entregadorminha prima e uma jebacommini vidio porno so rabudas epitudascomi ela que gritada na minha pirocaConto de gang bang no posto de gasolinacontos erotico casada vai fuder naturismoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos erotico mangueira na bucetacontos porno de velhos caipira comendo viadoconto erotico pegeui minha esposa me traindobetinha nao resistiu deu o rabo pro negao contoscontos eroticos de novinhos madrinhasContos de nao aguentei a pica grande no meu cuContos erótico, eu e a filha LauraQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormixvidio cachorro engata arranca sangue da buceta virgem .meu patrão pervertido , tive que sentar com o buceta para não perder o emprego contoos bêbados mais lindas gostosas de todos os tempos pelados mostrando o paucontos eróticos acha meus pés bonitosmandei a rola na minha enteadinha de seis anosconto erótico devolveu metendo até os homens d********* da novinhaContos eroticos dei meu cuFudendo a prima,contoconto erótico sobrinho provoca seu tio bebado pelado e tio o comecontos sadomasoquismo virtual virtual castigocontos eróticos travestis do pau grosso de ruta de mimcontos eroticos ele me me bolinousubrinho ve tia fazendo sexo araz da portaconto porno puta suja de estrada"klaudia kolmogorov"contos eroticos com a tiaconto xupei o pau do meu amigo pq perdi apostacontos eroticos minha esposa mim convenceu a comer sua irmanzoinha mais novafui banha mas meu irmau na pidina e eu dei pra ele xvidio.comdormindo ao lado conto eróticonetinha safada adora sentar no colo do vovô contos eroticoscontos eroticos fudendo garotos hetesexualso contos de travesty dando o cu varias vezes ate ficar bem aronbado bem largo que cabe a mào dentrocontos eróticos gays cavalgando no padrinhocontos eroticos meu primo mauricinhocontos eroticos traindo o marido no onibuscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos mulheres q chega em casa e o marido desconfia porque está arrombadaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorflagrei meu pai deflorando minha namoradinha contoscontos eroticos aconteceu no onibus do prazerContos erotico como minha cuinhada mais velha de 45anos.