Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM BI INESPERADO

Vou ser breve... sou casado com uma morena maravilhosa, e praticamos swing sempre q podemos, saimos com travestis, outras mulheres e outros homens, temos um relacionamento aberto, 2 filhos lindos... enfim, tudo o que qq homem gostaria de ter em relação a sexo, e principalmente nos amamos e nos respeitamos muito!

O que vou relatar a seguir aconteceu há pouco mais de uma semana... minha mulher se ausentou com nossos filhos por problemas em sua família, ficando fora por vários dias. Fiquei completamente sozinho.

Como tenho diversos amigos, sempre saimos pra tomar cervejas, jogar conversa fora... tudo pra minimizar minha solidão, amigos são pra essas horas tb!

Passados alguns dias, minhas punhetas não resolviam mais minha carência por sexo. Fui com alguns amigos em puteiros, em casas de massagem... tudo o q sempre fazia... mas mesmo assim nada se compara ao sexo acompanhado de minha esposa.

Numa dessas saidas com um amigo, tivemos alguns problemas e ele teve q passar a noite na minha casa. Um amigo muito práximo, q minha mulher morre de tesão por ele, mas ele é bem careta... e ela tem medo de chegar nele e ele se afastar da gente.

Bom, voltando ao fato... não sou gay, nem tenho jeito afeminado, muito pelo contrário, meu amigo tb não.

Naquela noite passamos a maior parte do tempo conversando sobre mulheres, vadias, relacionamento... um papo bem normal. Como sou amante de sexo, tenho uma coleção gigante de filmes pornôs, então meu amigo escolheu um e colocou, a gente continuo conversando, assistindo o filme e fazendo comentários sobre o q assistiamos. Em determinada cena, 2 caras e 1 mulher transavem... sá q pro espanto dele, um cara chupou o outro, e ele arregalou os olhos, percebi q uma curiosidade foi aguçada... e como estávamos sozinhos em casa, senti q ele ficou um pouco incomodado com aquilo, desligou o dvd e disse q iria dormir... e foi para um dos quartos da casa. Eu continuei na sala vendo tv, me deu sono e fui deitar.

Pois bem, como sempre durmo de cueca, geralmente tipo shorts, são de lycra e justa, o q marca meu pênis, minhas coxas e minha bunda, q sem modestia é avantajada, já q faço academia e exercito principalmente os membros inferiores. Tenho a mania de dormir de bruços, com a bunda pra cima, e como fazia muito calor na noite anterior, adormeci sem nenhum tipo de lençol ou cobertor.

O dia começou a raiar, perto de umas 09h... naquele dia eu dormi com a tv do meu quarto ligada... dando a impressão q eu estaria acordado... então foi qdo percebi q ele ia várias vezes até a porta, me olhava e voltava pra trás... aquilo já estava me incomodando, mas estava curioso pra saber onde ia dar... eu não tenho nenhum tipo de preconceito, entre 4 paredes... o importante é o prazer! Então comecei a brincar com ele... qdo via q ele estava vindo, arrebitava mais a bunda... e ele ficava mais tempo admirando... comecei a fingir q roncava baixo, aparentando um profundo sono. Ele tomou coragem e chegou mais perto, continuei o jeito q estava... então senti a mão dele na minha bunda, alisando, não tenho nenhum tipo de pêlos, sou todo liso. Aquilo foi me excitando... já estava quase levantando e agarrando ele... mas continuei a brincadeira... qdo ele sentiu q eu "acordaria" a qq momento ele se retirou do quarto e se escondeu atrás do armário... eu fiz q me mexia bastante de propásito, assim pude enfiar uma parte da minha cueca na bunda, sem q ele percebesse q foi de propásito. Voltei ao estado q estava, parado, apenas com uma respiração fraca... ele se aproximou novamente, e além de acariciar, deu uns beijinhos de leve, bem perto do meu cu... nessa hora eu não aguentei, firei o rosto bem lentamente, qdo ele viu q eu olhava o q ele fazia, quase teve um treco... deu um pulo pra trás e começou a se desculpar... eu apenas ouvia, e olhava nos seus olhos amedrontados, dei um sorriso de lado, e pedi pra q ele deitasse ao meu lado... ele sem ação nenhuma, obeceu prontamente... ele deitou, meio q sentado, com as costas escoradas no travesseiro... pergunte se poderia me deitar em seu colo... ele disse q sim... então apoiei minha cabeça e coloquei minha mão em sua coxa... bem na altura do saco... sentia o pau dele pulsar na minha cabeça... e com a mão de leve, comecei a passar "sem querer" as mãos em seu saco. De repente ele disse q queria ir embora, pois tinha algumas coisas pra fazer... eu respondi... vc não tem nada pra fazer, além de ficar aqui comigo. Nisso ele balançou a cabeça afirmativamente, mas ainda assustado... então falei... vc tocou minha bunda hj, então como os direitos são iguais... tb posso tocar em vc... ele novamente sá disse sim com a cabeça... voltei ao seu colo... lentamente fui acariciando seu pau por sobre o short q usava sem cueca, fui alisando, alisando, até q tirei ele pra fora, duro igual pedra, pulsava, as veias fluindo muito sangue... segurei com carinho na base... e comecei a beijá-lo, bem devagar, sá dando selinhos... ele perguntou se o q estavamos fazendo era certo... respondi enfiando a cabeça na boca... suguei a cabeça do pau dele toda, e ele entendeu q era mais do q certo... era necessidade... então chupava, da base a cabeça, as bolas, dando um banho de língua nele... ele não se conteve e começou a gemer, dizendo q ia gozar... eu aumentei o ritmo... então ele gozou como louca minha boca... eu engoli o q pude, o q sobrou, compartilhei com ele... dei-lhe um beijo demorado, molhado e gozado.

Perguntei se ele estava satisfeito! Ele disse q sim, agradeceu e falou q não iria contar pra ninguém... mas eu rebati e falei... mas eu ainda não estou satisfeito, quero mais... quero q vc me chupe e me coma. Ele na hora disse q eu tava ficando louco, o q minha mulher ia pensar... respondi... vc vai ver, vou contar pra ela na sua frente, q fodemos igual a dois cães no cio... o q ela achar, vc vai saber... como sei q ela é louca pra dar pra ele, seria uma boa oportunidade pra ela se saciar chupando aquela pica gostosa junto comigo. Voltando... eu puxei ele pra baixo, o deixando totalmente deitado... sentei sobre seu peito, deixando meu pau cara a cara com seu rosto... ele me olhava, e timidamente tentou coloca-lo na boca, pedi pra q ele não tivesse vergonha e nem nojo, pois somos identicamente saudáveis. Ele ficou mais a vontade e pedi pra eu deitar... ele desceu da cama, me colocou deitado com os pés pra fora da cama e se ajuelhou no meio das minhas pernas. E se soltou, chupou meu saco, meu pau e tocava meu cu, bem de leve... o q me tirava suspiros e gemidos. Levantei bem as pernas, deixando minha bunda totalmente aberta, ele não se controlou e enviou a língua, passa em volta, dava beijinhos, passava o dedo... então levantei e pedi pra ele ir até o guarda-roupas e pegar o vibro da minha mulher e a vaselina... ele pegou e veio até mim... lambuzamos as mãos e fizemos um 69, sá q ele estava com o vibrador e eu apenas com os dedos... enquanto ele ia enfiando aquela coisa enorme em mim, eu chupava seu saco, o cuzinho e enfiava apenas os dedos... ficamos assim por um bom tempo, qdo eu percebi q já estava totalmente aberto, me levantei, fiquei de quatro e mandei ele me comer... sem demora, ele veio pra cima.... como o pau dele era menor q o vibro, foi fácil de entrar... mas mesmo assim ele foi me comendo bem devagar... enfiava bem devagarinho e tirava, me fazendo ver estrelas... então comecei a jogar meu corpo pra trás, mostrando como queria... ele entendeu e não perdoou... aumentou o ritmo das estocadas, sentia seu saco bater no meu, perdemos a noção e estavamos fazendo muito barulho no quarto... fiquei com medo q os vizinhos tivessem escutado algo... mas mesmo assim... fui abaixando o quadril com ele engatado ainda... então ele deitou sobre mim com aquela pica toda no meu rabo. Ele apenas mexia o quadril, já era o suficiente pra me arrancar suspiros, mordi a fronha pra não gritar, e ele começou a morder meu pescoço e minha orelha... ficamos assim uns 19 minutos, foi qdo ele anunciou q ia gozar... levantamos, ele ficou em pé na minha frente, se masturbando, então tomei um jato no rosto, quente e espesso... mandei ele se preparar pq logo eu voltaria... mas ele não entendeu o se preparar, disse q estava exausto e q seu pau não subiria mais tão cedo... então, sorri e disse, eu sei disso... pega esse vibro e vai enfiando nessa bundinha, pq logo eu volto pra te comer, sai do quarto para me lavar... demorei uns 19 minutos, qdo voltei pro quarto ele estava deitado, mas não vi o vibro, perguntei se ele tinha feito o q tinha mandado, ele sorriu, qdo ergueu as duas pernas e abriu a bunda, o vibro saltou de dentro de seu cuzinho... ele disse q aguentou colocar tudo, e ficou uns 5 minutos deitado com o vibro todinho no rabo... pensei comigo, deve estar um túnel... dito e feito... coloquei ele de lado... e comecei a enfiar bem devagar, pq ele até aquele dia era virgem... então qdo vi q tinha entrado tudo, e ele estava com os olhos fechados, virei o rosto dele e comecei a beijá-lo, ritimando os movimentos com o beijos... percebi q o pau dele começou a crescer... então não perdi a chance e falei... vc está bem exausto mesmo, se seu pau ficar duro novamente, quero me coma outra vez... foi sá falar isso, q o pau dele virou um rocha... e acelerei os movimentos, queria gozar logo pra ele me comer novamente... gozei dentro do cuzinho dele, coloquei ele de quatro e me posicionei atrás, a cada piscada vazava minha porra lá de dentro, eu passava a língua do saco até o rego, tomando minha prápria porra... ele então disse q ia me comer de novo, e q dessa vez eu ia me arrepender... então ele pegou o vibro enfiou no práprio cú... me colocou na posição de frango assado, me meteu, nossa! como meteu... metia com tanta força... q minha cabeça começou a rodar... ele pegou meu pau q já estava duro, e começou a me punhetar... ele dava o ritmo, a cada estocada violenta me punhetava mais rápido... eu disse q tava adorando, e q ele ia me comer sempre q tivesse vontade, comecei a chamá-lo de meu macho, eu sou sua puta, ele não aguentou e gozou, vendo ele gozar, gozei junto... caimos desfalecidos de lado, nos beijamos e ficamos conversando por um bom tempo... o pau dele ficou duro de novo, fiz mais uma chupeta e me masturbei com o pau dele na boca... gozamos novamente e fomos tomar banho!

Nossa amizade continua a mesma, graças a Deus, eu arrumei um amante pra mim e mais um pra minha mulher... tenho certeza q o práximo conto será entre nás três!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos flagrada fudendo outrodeixando um corno manso contoscoroas de sainha curtinha mostrando obusetaocontos transei com velha e buçetudaquentes carentes cariocasestocou forti na buceta da novinha que salto fora da picarasgando o cu da nora e da sua tia contos eroticoscontos de bundas gigantes de vestidosjanaina vem senta na picaConto erotico orgia na rua desertacache:d8S3mF85a4oJ:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria_4_11_incesto.html Contos eroticos fudendo com o traficanteconto erótico nadando pelada praiaconto erotico empregada negra escraviza patricinhacontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhoMinha filha se ensinuava pra mim gostosaa pra mim comtoscomendi buceta d velhacontos não acreditei que meu sogro ia fazer aquilochupou tio i phonecontos eróticos com fotos. sou uma mãe rabuda e adoro roludos.vídeos porno metendo na minha tia depois do carnavalprimo comendo minha mae sandro conto eroticoMe comeram ao lado do meu namoradocontos eróticos cheirando a bunda de minha sograContos a bct da minha mulher e feia mais adororoConto nem acreditei mas tirei o cabacinho da menina.conto erotico meu primo me comeu na maldadevideos bichobruto cavalo comendo égua contos de coroa com novinhoconto gozando no cu da gostosa de suplexTennis zelenogradconto erótico mulher saia curta abusadacontos eroticos negro e patricinhacontos eroticos meu chefemassagem no jogador conto bissexuaisconto erotico gay sobrinhoviciei na piroca enorme e grossa do meu tio e sou um menino viadinho contosmeio das pernas uma pica dava inveja grossura esposacantos eróticos mãe filha perdendovirgindadeComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paiConto erotico de evangelicassua buceta me pertenceminha tia mim pediu uma massagem contoanus enrabadoContos madrasta putacontos eroticosdpconto erótico lésbica humilhada puta tratadacontos eróticos de brigascheirei a calcinha fedorenta contos eroticosvídeos e contos eróticos de gays novinhos bonitos afeminados perdendo a virgindadenora putacontosmeninas na Calcinha numa festa contos eróticos tirando a calcinha na festa contos eróticosx video gay camereiro do hote mrlfudendo com a benga do vovô contosconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos fudendo a mae travesticontos eroticos formatura da secretariacontos consolei a mulher do meu amigocontos eroticos meu enteado mebolinandocontos eróticos mendigo no ônibustanguinhas usadas da minha mulher contos eroticoscontos eroticos leidiane dando primoZoolofia cominha cadela ler istoriaconto erotico dona de casa casada cantadacontos de Huum Pauzao papai ..ai mete vainoite maravilhosa com a cunhada casada contosCanto erotico de velha 68 anosvirei bixa minha irma flagrou eu usando.sua calcinha fiocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoconto erotico punhetinha na praiaconto erotico comendo a massatorepeutacontos de sexo ensinei ela a chupa minha buceta/lesbicas