Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O DOG GOSTA DE LAMBER UM PAU GROSSO

Click to Download this video!

Uma cidade pequena, a uns 40 minutos da cidade grande. O terreno era grande, quase um sítio, com muitas árvores e protegido por um muro de 2 metros de altura. Ali havia apenas uma cobertura onde ficavam uns suínos de raça e uma casa, na verdade uma cabana simples, com cozinha, quarto e banheiro e uma pequena área coberta, apás a cozinha. Ali ficava, de dia, o cão do sítio que, à noite ficava como garantia de segurança, vigiando a propriedade. Era um cão vira-lata, de porte médio, branco encardido com algumas poucas manchas achocolatadas. O rapaz preferiu ficar ali no sítio da família do que na casa da cidade. Achava mais sossegado, tranquilo, além do mais, poderia levar alguma moça pra lá se surgisse oportunidade. Um sábado, já se preparando pra dormir, pelas 19 da noite, foi trocar a água do dog. Já ia tomar banho e por isso enrolou-se em uma toalha pois dali iria ao chuveiro e do chuveiro pra cama. Aproximou-se do cão e agachou-se pra soltá-lo e toda vez que fazia isso o animal pulava de alegria e corria sitio adentro, feliz. Sem querer o bicho bateu com o focinho bem naquele lugar e aí a coisa começou a esquentar. O pau ficou duro. Quase sem ação, levantou-se da posição em que estava. Foi aí que o pau se revelou na abertura da toalha e, num segundo, o dog o lambeu. Passou a língua com sofreguidão. Foi como uma corrente elétrica passasse pelo corpo do rapaz. Então foi que lhe veio à mente trazer o vira-lata pra dentro da cabana. Por que não? Tava sozinho e já fazia bem um mês que não transava. Trouxe o cão pela corrente pra dentro da cabana, soltou-o na casa e fechou a porta. Apagou as luzes e deixou sá a luz do banheiro acesa, a porta entreaberta. Sentou-se à cama, o membro duro, chamou o cão pra ver o que acontecia. Tava desejando gozar no focinho desse animal. Mas não contava com a ânsia de sexo do cachorro. Cada passada de língua do cão aumentava o tesão do rapaz e o pau ficava cada vez mais duro e lubrificado. O bicho também lambia as bolas e, numa dessas linguadas, outras surpresas iriam acontecer. Não aguentando mais, a pica ejaculou esperma em abundância e, outra surpresa, não sabia que esse cachorro gostava tanto de comer a porra que lhe saía do caralho. Depois dessa gozada, pôs o bicho pra fora, tomou banho e foi dormir, aliviado.



No dia seguinte, à noite, trouxe novamente o dog e lhe ofereceu o pau duro. O bicho não se fez de rogado: lambia a cabeça da pica, as bolas e – surpresa! – passou-lhe a língua áspera no anel. Esse foi o choque maior. O prazer que teve ao sentir o bicho lhe lambendo foi fenomenal. Não perdeu tempo. Passou um pouquinho de patê de carne na entrada do bumbum querendo chamar a tenção do dog pra aquela região. Chamou o animal pra cima da cama e ficou na posição dog style. O cão começou lambendo-lhe o caralho duro. Passou a língua na cabeça do pênis, nas bolas e em seguida atracou-se à perna esquerda do rapaz, querendo fodê-la. Cão maluco. O jovem tirou-o dali e esperou que ele acertasse a posição. O cão montou-lhe as costas costas tentando desesperadamente penetrá-lo. Sentiu então a pica do animal bater na entrada do anel. Ajeitou-se pra ser penetrado. O animal tentava de todo jeito, arranhava-lhe as costas com as unhas das patas, dando-lhe picadas num vai-e-vem alucinante, mas não acertava a entrada. Foi aí que de repente sentiu o pau do dog, que não era grande, entrar gostoso. O caralho do rapaz babava de tesão, quase não se aguentando. Ia gozar logo. Foi aí que sentiu a pica do cão entrar mais fundo e com mais facilidade. Sentiu então que o bicho tava gozando na bunda dele! Pegou o práprio cacete durão e começou a bater uma senhora punheta. Gozou rápido, num gozo de alívio e com bastante leite. Que gozada gostosa! Dali a dez minutos, aproximou-se nu do cão que, de língua pra fora, deitado no chão do quarto, olhava-o, como se estivesse rindo. Em pé, deu o pau grosso pro cachorro lamber. Ele passava sua língua animal pela cabeça da pica que gozou de novo e foi tomar um banho demorado.



e-mail: [email protected]

Declaro que esta crônica sacana fui em mesmo quem a escreveu. Há pessoas que se apropriam de textos dos outros copiam-nos e os publicam como se fossem seus. Não é meu caso.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


relato erotico meu sobrinho me comeu bebadazoofilia gay extraordinárias bizarrosrose empregadinha contoscontos erotico viajando com paicontos eroticos de maridoscontos erticos de ninfetashoje morena bonita eu estou querendo te pegar gostoso hoje morena bonita todos têmcontos sexo família bicontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhavideo porno primo sente atração pelo outro primo homenscontos porno eu e minha mulher curradoscasada pelada em lugares movimentados contoscontos minha madrinha aguentou 25cm de pauno cu e ma bucetaconto erotico gay magrinho calcinha e coroacontos minha mae viu meu rolao no bamhoVideo porno gay xvx varicontos eroticos beira da estradacontos eroticos minha mae viuvaConto comseguir comer a patroagozei no copo e dei pra minha tia bebeu contosrelatos comi a crente na marraconto erotic pegand a calsinha da sogramorena de micro vestidinho na estrada de carro da carona pró homem eroticosgamecontos eróticos infânciacontos eróticos com esposa obedientecontos de cú de prima coroacontos mamãe 105cm de bundatia gritando "me come sobrinho"conto deixou a buceta ficar peluda pra dar pro paia coroa bunduda negra é feriado pelo pelo banco dentro do ônibuscontoesposanuacanto erótico com amiguinho do meu filho vir para casa e amiguinha delecontos porno de incesto real pai filha e mae juntosfode a mulher do irmao para provar que ela é uma putamulheres gostosas bundão empinado com roupa do quartelbem novinha virgem chorando najeba gigante contosbebadas na piscina contosdestruidor de cu contoscontos eroticos maes negoes cavaloconto gay hetero em exame de prostataconto erotico mae se bronzeando a bunda pediu p filho passar bronseador no rabocontos eróticos soco sacoconto gay meu irmão sacudiu o pau dele pra mim conto erotico familia praia nudismo sobrinha dormindo chãocache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos eróticos menina pequeno dá o c* padeirominha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosContos eroticos minhas tetas roxas de tanto chuparembrincadeira de lutar comi o viadinho. contoscontos gozando nas calcinhas dekarolcontosfudi a mae da minha mulherporno encejo com sogra e sogro conhiadascasal bi maduro fudendo e gritando muitoprima madura solteira na casa de praia contos eroticos pornoconto de sexo em estrada desertaconto eroticos a buceta da minha esposa so cheirava porrahomens castigando o c* virgem de uma neguinha e dando tapa na cara jogosou casada quero homem pra micomexvidios marido esposa e cumhadadei a buceta pro catador de lixomeu professor come caralho a xana contos eroticosConto o meu irmao inche a minha bucetinha de porafoda interracial dezenho foda com a sinhaComtos erotico chuponas.de.rola.sambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu maucontos eroticos tia no casamentoContos eroticos a esposa do rabao do meu chefeContos.encesto.mae.desfila.de.calcinha.pro.filhocu da irma madura contos fotos ilustraçoesirmãozinhos safadinhos fazebdo safadesacontos cris super dotadocontos duas putinhas chorando na varaconto minha mae so me provova e me deicha de pau durocontos dormimos na barraca eu marido e sogro e o sogro me rabou noite interaconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucontos eróticos arregaceiincesto porno/encoxando minha mae no trem lotadovideo pono pequano aprima do midoorgia com os nerdes casa dos contosmeu intiado me come eu e a minha finlha contos eroticosCu maislargo do mundo em fotosCorno em calcinha contoNao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contocontos eroticos de incesto: viajando com a mamae popozudarelato fuderao minha buceta quando dormiaConfesso inversão virei corno mansoContos engoli porra grossa grudentanegão mandou a rola com força no rabo da novinha se usa na cintura e não deixou escaparconto afoguei com galaminha mãe me flagrou com seu vibrador conto gaycontos erotico, quatro travesti me estruparamcorninho esposa picudo frouxo contocontos gay educação fisicacontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESconto erótico eu meu namorado e minha amigaFui com um coroa pra sua lancha ele me fudeu conto eroticoConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimcontos eroticos solteira vendida