Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SOBRINHA NOVINHA

Click to Download this video!

Tudo começou em um dia de chuva na regiao onde moro com minha familia, por motivos profissionais minha familia viajou para o interior de sao paulo pelas ferias de julho e eu fiquei. Sai do Trabalho por volta da 17:30 chegando no bairro onde moro por volta das 18:40, chovia muito forte e quando estava perto de minha garagem vi um vulto encostado perto do portao social, logo vi que se tratava de um corpo de mulher por esse motivo nao me preocupei. a garagem abre automaticamente e guardei o veiculo e voltei para ver quem era, por sorte era minha sobrinha julia uma delicia de menina de 19 aninhos mas com corpao de mulher de 23 anos uma delicia.

logo vi sua blusa molhada e seus seis desenhados ja fiquei com um tesao danado e quase tremendo falei para ela entrar logo pois chovia muito mesmo.

Ao entrar me disse que na sua casa nao tinha niguem e nao sabia onde o pessoal estava e nao tinha como ligar para sua mae e perguntar o que aconteceu m eu imediatamente peguei o celular e liguei para minha cunhada e pergutei onde ela estava e expus o fato, minha cunhada me disse que estava presa na enchente e nao tinha hora para chegar e me pediu par abriga-la enquanto ela nao chegava.

mais que depresa disse sim pois o tesao ja me cobria o corpo

abri a porta e disse para ela ir direto para o chuveiro pois fazia frio e ela poderia se resfriar, para minha sorte deu um estouro danado pelo trovao e ela deu um grito no banheiro e me chamou, fui correndo (é claro) ela desligou o chuveiro e me abraçou assustada e nua em pelo me molhando todo. ficamos uns minutos assim e sem jeito ela me pediu descupa e ficou muito envergonhada, eu falei, relaxa, isso é normal, alias vc esta linda heim!

ela - vc acha tio, vc me deixa mais encabulada ainda e eu estou aqui nua.

eu - nao tem problema ja vi muita mulher nua, mas confesso vc é um presente divino.

fez uma carinha de safada e disse

- acha mesmo, como pode afirmar .

eu- posso toca-la

ela - sim

eu - tudo macio, tudo durinho é divino

ela- mas sou virgem, nehum homem me tocou assim, so o Sr. sou inexperiente ainda.

eu - se quizer posso ensina-la

ela- mas sou virgem

eu - ja foi chupada

ela - claro que nao

eu - quer ser

ela - pra falar a verdade, sim!

nao acreditei

peguei ela virei contra a parede coloquei as maos dela na parede acima da cabeça e aberto . quadril recuado para atraz e as pernas abertas deixando aquela bucetinha e o cuzinho bem abertos na minha cara, comecei a chupar como um louco lambendo o cuzinho e a bucetinha e sentido o desejo cada vez mais ardente dela.

em um dado momento senti suas pernas se curvarem de tesao e um gritinho delicioso saiu de sua boca,

eu disse - gozou criança?

ela - com certeza tio

ok vem ca, beija o cacete do titio agora!

ela começou uma chupeta deliciosa, sem experiencia e claro, mas com o tesao que eu tava, era so alegria.

avisei a ela que ia gozar e que ela tinha que berber o leitinho do titio ela balança a cabeça em sinal positivo e tadinha ete engasga de tanta porra.

continuamos a nos banhar, ela fica surpresa pois logo ele da sinal de nova exitação, me diz que queria mais, mas nao queria perder a virgindade.

na hora eu pensei e falei - deixa comigo amor! vou na portinha dos fundos ta?

ela - o Sr. que manda tio, sou toda tua.

pela primeira vez naquele dia comecei a beija-la na boca para que sentisse o meu desejo e minha vontade alisei seu corpo todo ensaboando cada pedacinho, ate sua bucetinha nao escapou dos meu carinhos, mamei em seus peitinhos e toda vez que olhava seu rostinho via seus olhos felhados e sua boca semi aberta.

passei bastante condicionador em minha nao e comecei acariciar aquele cuzinho novo e apertadinho colocando um dedinho, depois outro brincava um pouquinho e cada vez mais ela relaxava, deitei ela no chao do box com a barriga virada para cima abri bem suas pernas puxei ela na minha direção erguendo seus quadris e encaxei meu pau na entrada so seu cuzinho e fui forçando bem de vagar ate a cabeça passar, ela ja doidinha se jogou em minha direção empurrando seu corpo contra o meu fazendo o pau entrar de uma vez. e gritou!! fiquei parado um pouco o começei a bombar, olhando sua carinha de desejo a cada estocada meu tesao foi aumento ate encher de porra aquele cu delicioso, quando tirei o pau para fora ela limpou e depois beijou e disse. que delicia!

hoje sempre quando posso tomo banho com minha sobrinha é claro que ela nao é mais virgem, um abraço

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico cantada pesada na ruaconto erotico sedusii meu paiconto erotico como gravidez a minha tia seios gninfetas lésbicas beijando o peitoral dos travestisbunda mulata gostosa descabaçada pelo pedreiro na cordaContos eróticos gay minha iniciação sexual precoceconto eróticos pai pauzudo e filha baixinhacontos erotico o assalto meu marido participouminha esposa mostra a buceta para meu padeiroscontos erotico de vizinho velho comendo vizinha do inimigocontos porno esposas estuprados submissoscontos comendo a sogracontos eroticos cu e bucetaestuprada na festa contos eroticosrelato fuderao minha buceta quando dormiavideos bichobruto cavalo comendo égua minha iniciacao gay sendo a mulherzinha do negao contos pornocontos eróticos gordinhascontos trazei com a amiguinha da minha filha dormindocontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiafui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos eróticos incesto/dava por dinheirohome pega amulher de com o melho amigo transano e fi loucocontos eróticos insertos tiaconto erotico peguei meu marido trepando cõm minha irma na camacontos eroticos - isto e real. parte 2me passa aí morrido das moreninha trepando que eu tou gosto eu gosto de ir amanhã de sexual dos peitinho bem durinhocontos esquentando a relaçãocontoseroticos obrigaram minha esposa a usar drogasConto erotico dei leite na boca da filhingaconto em casa com minha mãe com cada roupinhas que me deixa louco que xereca ela temamei ser estupradafoidento do cuzinho xvideocontos eróticos irmã calcinha dormindocontos exitantes comi a mulhersinha domeu patrão na cama delecontos eróticos chantagem cunhadacontos encoxando mulher do amigocontos gay meu primo pauzao vir icontos Eroticos com Robertameu pai me castigou me comendi econtocontos.de mulheres.casadas.e fogosaconto erotico mae com dois pau no cuqueria que minha esposa me traísse contosContos eroticos no acampamento com minha maemulher dando a buceta no salao da foliasou travesti tirei virgidade minha amiga choroupedreiro gozou vendo munher lavando roupas/conto eroticoconto erotico raquel morena deliciosadei a buceta para o amigo do meu filho contos eroticos gratisprimo e prima transando dentro da piscina e fica grudado na b*****conto erótico segredo de humem casado que não resistiu a uotro homemdomindo sentir o dedo do meu tio na minha bucetacontos eróticos eu e minha amiga transamos na baladagay violentado contosminha vadia jemendo muito contos eroticoscontos fudendo minhas primas peitudascontos de cú de prima coroaconto eróticos a patinha da minha sogracontos incesto tiu do barliceidade porraContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadavemo espoza chupamo autro mo carmaval xxvidioprofessor cacetudo comendo o cuzinho do menino afeminado no banheirochupei a bucetinha carnuda dela contosContos erotico amigas devendohttp://transei com filho do professor gay contos eroticos gaycontos olhando a encoxadacasa do conto formos a praia de nuz e meu filho mi chantagiou pra tranzapornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiacontos erotico mamae titia buceta grisalha