Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E MINHA ZOO-SOGRA

Click to Download this video!

Cheguei mais cedo do trabalho que de costume, entrei em casa e sá minha sogra deveria sá estar em casa, mas não vi ninguém.Fui a cozinha tomar água e ouvi um gemido vindo do quintal.

Silenciosamente sai ao quintal e os gemidos vinham do quartinho, com cuidado me aproximei e pela fresta da porta semi-aberta o que vi me chocou, minha sogra nuazinha trepando, engatada com meu cachorro Rufus, um de costa ao outro, o pau do cachorro enterrado nela.

Ela gemia e eu atonito, sem saber o que fazer, sentindo um tesão estranho, fiquei observando.

Ela notou que estava sendo observada e me viu, sem dizer nada, sai de lá, entrei em casa e subi, fui tomar um banho.

Quando terminei de tomar banho, enrolado na toalha, abri a porta e ela estava de pé, na frente da porta, e me disse:

-Você viu tudo, né? O que posso fazer para que ninguém saiba?

Eu respondi:

-Me desculpe, mas o que vi me deixou atordoado, nem sei o que te dizer agora.

Ela sem nada dizer, colocou a mão na toalha presa na cintura e a tirou e disse:

- Não diga nada...agora.

A toalha caiu, ela segurou meu penis, ajoelhou e começou a me chupar, ali na entrada do banheiro...quase perdi os sentidos de prazer ao sentir sua boca me engolir, ritmadamente, sem parada ela ia me chupando com uma maestria e uma volupia, que confesso, nunca tinha sentido.

Aquele ritmo, suas mãos segurando-me nas nádegas, comecou a me puxar e empurrar, eu olhando minha sogra ajoelhada, engolindo meu pau, foi uma experiencia fantástica...e gozei intensamente e ela continuou o movimento, sorvendo todo esperma.

Parou de me chupar, se levantou, tirou toda a roupa, entrou no chuveiro e tomou um banho e eu ao lado dela, sentindo seu corpo com a mãos.

Nos enxugamos rapidamente e fomos para a cama, onde metemos por mais de uma hora.

Quando terminamos, ela me disse:

- É melhor nos arrumarmos, pois logo as crianças chegam da escola, a Silvia também nao deve demorar.

Espero que esses segredos continuem entre eu, você e o Rufus.Na semana que vem podemos repetir, se você vir mais cedo.Sempre desejei ter você também meu genrinho.

Não disse nada, fiquei pensando, sentindo toda aquela situação inesperada e que muito me surpreendeu.

Minha sogra vem toda quarta-feira, desde a manhã, passa o dia em casa e sá vai para sua casa a noite.

Uma semana passou, pensei muito em tudo e percebi que ela tinha muitos segredos com o Rufuse agora comigo.

Angustiado aguardei cada dia, e chegou novamente a quarta-feira, não tinha visto minha sogra, sai antes dela chegar, logo cedo.Logo apás o almoço sai do trabalho e fui para casa, cheguei e minha sogra me esperava na cozinha,me beijou e disse quer almoçar?

Respondi, abraçando e segurando seu corpo contra o meu:-Não sogrinha, quero possui-la, vamos subir.

disse ela: Não, venha, vamos ao quartinho, quero algo diferente.

Me pegou pela mão e fomos, olhei o Rufus, abanando rabo, ela brincou com ele, enramos no quartinho, fechou a porta, deixando o Rufus fora.

Nada disse, esperava os acontecimentos, tiramos a roupa e nos beijamos, deitamos na cama de solteiro que existe lá, e fizemos um 69 delicioso, demoramos muito na exploração dos limites de prazer intenso.Depois ela veio por cima sentou sobre meu pau e me cavalgou, fodiamos com uma volupia intensa, enquanto Rufus, latia lá fora, arranhava a porta desesperado.

Ela se levantou, me fez deitar no chão, sobre o tapete, passou muito KY no meu pau, sentou no meu pau, senti ele penetrando seu anus, lentamente, ela ia descendo, gemendo, ate estar todo enterrado.

De costas para mim, ela começou o movimento de sobe e desce...eu entregue..so sentia o prazer e o desejo maluco da minha sogra, que sem tirar meu pau, abriu a porta e o Rufus entrou maluco, pulando sobre ela, como doido, ela acariciou ele, parou ele na sua frente, metendo comigo e massageando o pau do cachorro, que se quietou.

Com o corpo para a frente eu via meu pau todo no cuzinho dela e ela começou a chupar o pau do cachorro inquieto.

Ela indireitou seu corpo e jogou para trás, deitando as costas sobre o meu peito, com as pernas bem abertas, ao longo das minhas, ela ficou.

O rufus, imediatamente veio sobre ela, senti suas patas pesadas que ficaram ao lado do meu tronco, sentindo o peso da sogra e do cachorro, meu pau atolado no cuzinho dela, pensei que loucura.

Com jeito, minha sogra conduziu aquele pau para dentro de sua buceta, e gemia feito louca, a manobra nao deu muito certo, o Rufus estava agitado, saiu de cima, e ela levantou, eu tb, ela ficou e 4 e meti no cu dela novamente...fodi ela que nem louco e ela continuou a chupar o pau do cachorro.

Ate..inundar o cu dela de esperma.

Sai dela, e o Rufus como louco trepou sobre ela, eles já tinham experiencia pelo que vi, ela com a mão direcionou aquele pau imenso em sua buceta, que entrou fundo, escapava, ate ele se virar e com amestria, ela enfiou, como a cena que havia visto na semana anterior, os dois de costas, ela presa com aquele pau dentro dela.Confesso que fiquei excitado...ela gemendo...me disse, vem aqui...peguei a cadeira, sentei de frente a ela que gemendo..chorando de prazer colocou meu pau na sua boca...mamando..ficamos ali os 3...por muito tempo...naquele prazer louco.

O cachorro se soltou...ela levantou..eu exausto...subimos eu e ela..e fomos tomar banho, pois ja era tarde e novamente as crianças e minha esposa logo chegariam.

Não sei explicar, mas aceitei e nem sempre é possivel esse triangulo, mas foi o primeiro contato com a zoo e com minha sogra, que apesar da idade se mostra uma excelente amante.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos erótico vi o pau do meu aluno e não aguenteisoucornomanso..comMeu+irmão+arrombou+meu+cu+a+força+conto+eroticoContos o comedor da madrugada do soniferoconto gay "nao puta"meu cuzinho desvirginadocontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erotico gay pai ensinando o filho a beijardesejos de machos que adora safadeza com outros macho experiências vividaspau duro na frente da tia contosporno conto relava aquele peito em mimhestoria erotica o grandi fatasia do meu marido e c cornopornô meu pai queria pegar minha esposa dormindo e eu falei elecontos eroticos velho na praia de nudismocasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodeContos erotico me exibinegao marido de aluguel com casadas contosgaroto esporriandoseduzido contoscontos eroticos na praiabucetas lindaso corpo da colegial tem que ser magro feticheorgasmos forçados contoscontos eróticos iniciado pela primaMulheres se jutao para fazer xexo contosPutinha desde a puberdade contos eroticosporno encejo com sogra e sogro conhiadasconto eroticos primas gostosa veio min vizitarme estruparam e me obrigaram a dar para o caseiro do sitiocontos hetero oferecendo a bundinhacontos eroticos primeiri orgamos com meu irmaojumenta descendo o pau todinho no c* do gaysafada da internet contobeijo safado de um nerd conto eroticocontos de incesto minha filha sendo comidacontos eróticos eu e minha mãe na praiame arrombou o rabo contos casadacontos de punheta com botascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos esposa dona de boatecontos de casadas o negro desconhecido me arromboudisvirginei a minha professora contos erodicossexocontoerótico meu sogrocontos eroticos meu padastro mim estropo no onibusconto erotico velha rabudaTennis zelenograd contocontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balatraveco dominando e excitando macho em banheiro, contos com fotosConto meu marido me obrigou a trepar com o mendigoConto erotico gay dando pro senhor geraldofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoas meninas de 18 anos com pau de borracha com pentelho Grandecache:7Bn8n8HDPyEJ:https://spbgau-kf.ru/mobile/conto_24394_amigo-gay-ensinando-esposa-a-dar-o-cu--parte-3.html crossdresser marquinha de biquini contoscasa dos contos eroticos/Três é demais"klaudia kolmogorov"gay e travesti.momentos novo punhetacontos corninho obrigado a usar calcinhacontos de velhas gordas tomando gozada na caracontos de incesto por chantagem do filho com a maeconto o borracheiro fudei minha esposawww.eu aronbei minha sobrinha de doze anos de idadeArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contosandreia baixinha tranzando e tamiriscontos minha buceta nunca mais foi a mesma depois que eu trepei com seu moacirMinha esposa é muito gostosa mais eu entreguei ela para outro homemconto erotico judiou da namoradinha do amigominha mae de calça legin filho a encoxa contocontos a pequena taradinhafilho casetao de 30cmcoroas defloração relatoconvidando o amigo para arromba o cu da namoradacontos eroticos comi a cobradoracache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"Contos gay Massagemtravesti arrombou meu marido contodei a buceta pela primeira vez caralhocontos eróticos comi minha filhacontos eroticos de avôidoza caseta toda gozadacontos eroticos papai gozando na minha bocabebadas na piscina contosbebada jogos eroticos contofamilia naturista contoconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagroucotou eroticou gay meninome comeramdormindo contoseróticosnovinha delirando naprimeiragozadaConto erotico veridico circoalgemou traindo contos eroticoscontos eróticos da em cima da irmavideo de porno com machos a força brutamenetewww.contopadrinho/2contos eroticos colo