Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMELI, A BUNDA MAIS GOSTOSA DO PARÁ (4)

Click to Download this video!

CONTINUAÇÃO DA PARTE 3:



Em pé, de frente um para o outro, nos abraçamos e um novo beijo, antes, disse a ela sobre o pecado:

- Ameli, não quero fazer amor com você.

Abraçados com força, meu pau roçando na vagina peludinha dela, os seios dela durinhos no meu peito. Minha mão esquerda na linha da cintura, repousada na bundinha dela. A direita, no pescoço, tocando nos cabelos castanhos enroladinhos dela. Ela responde: - Não quer?

- Não. Quero levar você ao topo do inferno, da luxúria e do pecado. Quero um sexo animal, quero sarcasmo e sacanagem, quero gozo farto. EU QUERO FODER MUITO COM VOCÊ. QUERO SER O MACHO QUE VAI TE QUEBRAR INTEIRA, CASO NÃO SEJAS A MINHA PUTA INSANA.

Ela tinha garras no olhar. Queria desse jeito. Tocou na prápria vagina e pôs o dedo nos meus lábios. Disse, com uma voz grossa, que não parecia a dela:

- Você quer? Então vamos morrer de prazer.

Novo beijo, mordidas na orelha, palavras sujas no ouvido. Quanta mais eu falava, mais ela enlouquecia. Sentou no sofá. Abriu as pernas e lá fui eu, chupar a minha morena. Lambia aquela vagina, chupava, beijava, sugava todo o prazer que saia dela. Terminei no clitáris, bem devagar, movimentos circulares nele, para a minha gata gozar pela primeira vez.Quando ela ainda estava sensível por causa do primeiro orgasmo, coloquei ela de pé e pedi que se curvasse um pouco. Agora era a vez daquela bunda. Que visão. Me agachei, beijei, lambi, apertei e passava aquela bunda na minha cara, quando levantei enfiei meu pau com tudo. Ameli pulou, e eu enfiava com uma velocidade surpreendente. A bunda dela mal tremia quando eu a estocava, tão durinha e perfeita. Ficamos nisso por uns vinte minutos (para que a pressa, se aquela visão já era um orgamo?). Depois, ela deitou no chão, de costas e eu deitei em cima dela. Enfiei de novo na vagina, ela com as pernas levemente afastadas, eu bombando gostoso e ela gemendo. Tirei o pau, lambi aquela bunda de novo. Virei de frente, mais pau na peludinha da minha morena. Deitei sobre ela, metendo e metendo, beijei aquela boca e ela então foi ao meu ouvido. Falou coisas sujas, obscenas, insanas e disse que queria mais. Levantamos do chão. Ela me pediu para sentar no sofá, agachou-se e outra vez chupou meu pau, desta vez por uns dez minutos e eu gozei. Ameli Sugou cada gota de porra que saiu do meu pau.

- Ainda, não acabei e o seu pau está mole.

- Como você vai fazer ele endurecer de novo?

Começou a chupar outra vez. Antes, me presenteou com uma de suas calcinhas, a menor que ela tinha. Ao sentir o cheiro, meu pau foi endurecendo na boca dela de novo. Então, ela sentou-se e começou a cavalgar. Finalmente beijei seus seios, mordia, chupava e tentava colocar todo na boca. Então, em um beijo final, Ameli gozou, juntamente comigo. Meu esperma inteiro dentro dela. Ela quis essa posição e eu, cavalheiro, quis dar prazer para a minha morena gata. Ela deitou-se no sofá, eu me vesti e, antes de sair, a vi adormecida, deitada de lado, com aquela bunda maravilhosa apontada para mim. No dia da comunhão, lá estava ela, séria, responsável, dama respeitável. Nunca mais transamos de novo.



Gostaria de receber opiniões sobre este conto e trocar idéias com mulheres que se encaixem neste perfil. O meu msn é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contoseroticos sem querevideo porno gay o promo etero bota o primo gay na surubaContos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicouxvidio cachorro engata arranca sangue da buceta virgem .conto desde pequena participo de orgias com minha familiacontos erot.menha namorada e meu tio flagreicontos erotico estupraram minha tiameu irmão pediu ver meus seios contovoyeur de esposa conto eroticooutro chupando os peitos da minha mulher. contosmeu cachorro taradomulher madura em casa fazendo faxina bem à vontade sem roupa ou com roupa calcinha transparenteconto porno mae e filha puta dos negros na favelarelatos de corno domadoMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,Piroca de 25cm - conto eroticominha esposa me contou suas aventuras sexuaisviram minha buceta contosbjodelesbicafilhos vendo a mae transar com outos homenscontos eroticoscontos eroticos fui forçada a fidercottos. curmir minha enteada novinhacontos descobrindo minha xaninhaporno chegou em casa e pegou a cunhada pelada de olhos vendados e comeu elacontos coroas fudendocom novinhobucetinha virgem bem pequenininho viscosacontos dei para meu cunhadinho novinhonovinha delirando naprimeiragozadafilha de diplomatas contocontos veridicos de mulher casadacontos eroticos comendo a tabata mulher do amigopapai - contos eroticosHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestisgozando dentro do tamanco contoscontos eroticos, cu de bebada nao tem dono me comeram a bucetaque enganaram e comeram meu cu sem pena contosComo sentir prazer ssozinha ate gozarcontosMeu irmaozinho caçula me te penetrouwww.flogdesexo.compauloelizabethvideos fotos d sexo loirinha dormindo de calcinha fio dental sendo encostadcomi a bocetinha da minha maninha e o conto de encoxei minha irma gostosinhapor que quando eu falei pro o meu amigo que eu vou ibora comcamionero ele em cheu ohlo de aguaconto erotico gay dando pro pedreiro sarado de 29 anosmim mastrudo dia sou mulhe contosmeu marido comeuminhaprima contoseroticoscontos irma mais velhaler conto incerto na frente da família e ninguém notomeu primo e eu transamos na agua da praia contoscontos eróticos gay malucocontos eróticos quando casei pedir por um descascador designar minha esposacontos cu da minha prima escondido no paiolContos eroticos tia morado na minha casacontos eroticos extremominha esposa safada de saia deixo o vizinho a funda a xoxota delacontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelaIncesto com meu irmao casado eu confessoeuconfessomulher de meu irmaotou gosando na língua do meu tioeu.tinha.cinco.anos.e.ja.dava.o.cu.pro.meu.primo.contos.prpibidosdando o cu contos eróticosfazer sexo sem amor gostoso meterolaParaíba putinhocontos eróticos de irmão comendo a irmã pequenininha novinhaconto e foto da Branquinha casada e g*****CONTOS EROTICOS DE PATROINHA ABUSADA PELO FILHO DO CASEIROeu meu primo e minha mulher contosconto erotico pulando o muro comendo o cu da vizinhaCONTOS EROTICOS DE PATROINHA ABUSADA PELO FILHO DO CASEIROcontos eróticos homens sendo amamentadosContos eroticos cu arrombadoaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãoconto erotico real meu marido me liberou dar o meu rabocontos eroticos gays reais ocorridos dentro do coletivocontos eroticoa arronbada pelo titioMeu irmão me comeu contosfilho da vizinha contoContos minha esposa me ajidou a tira a virjindade da minha filha de treze anos eu tenho um pau muito grande ela choro muitoSendo comida a força pelo neto contos eróticosvoyeur de esposa conto eroticoDormindo ao lado da cumhada x vPerereca ou buceta de cunhadacontos mia mulhe linda aromou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rola deleentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosodesabafo sou casada e fui chantageada no meu empregocontos eroticos chantagem de carnaval imagens de rabo gostoso inclinado de calcinha transparente