Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INOCENTES - AMOR DE MENINO

Click to Download this video!

Sábado é realmente um dia perfeito para jogar bola, brincar, assistir tv, jogar video game ainda mais quando se tem 19 anos. Mas as más companhias podem fazer com que você brinque de outras coisas.

Tudo se passa num passado não muito distante. Perto de Belo Horizonte, no municipio de Vespaziano, fica o clube da AEC do qual meu pai era conselheiro e iamos quase todo final de semana. Jair um amigo do meu pai, sempre estava presente e com ele seu filho Lucas. Ná época Luquinha era assim: branquinho, olhos verdes, cabelos lisos e castanhos, quase louro, não era magro, era do tipo menino rechonchudo, mas não gordo. Seu corpo estava totalmente nos padrões de beleza que a sociedade esta acostumada. Era um menino que fazi sucesso com as meninas, era escoteiro e parecia que seu alíto era doce. Eu sempre ficava admirando seu geito de ser pois, aos 19 anos um menino ficar, dar beijinho na boca e ser o rei das meninas da AEC era como se fosse um deus para mim. Jair seu pai, possuia um rancho perto do clube, um lugar agradavél demais, ficava entre alcaliptos e a casa tinha um ar europeu. Pra falar a verdade eu não era amigo do Luquinha, mas ficavamos juntos no clube, pouco conversa. Eu era assim: branco, cabelo preto liso, olhos verdes, muitas sardas e muita gordura, eu era muito gordinho para a minha idade e era motivo de chacota de todos os meninos, acho que o Lucas sá não zuava os meus peitos grandes devido ao seu pai conhecer o meu. Sentados em uma mesa do clube, meu pai chapado e o pai do Lucas idem, começou a conversa

- O Estevão, vão ao almoçar la em casa lá pelas três

- O Jair não vai encomodar

- Nada, a Silvia não ta ai, mas não esquenta que tem um empadão de frango, que é sá esquentar no microondas e agente passa uns bifes de picanha.

Meus olhos brilharam na hora. Bife de picanha, hunnnn.

Depois do almoço, meu pai e seu Jair miando de chapados cairam na cama. Eu estava sentado na varanda olhando o nada quando o Lucas me chamou.

- Ou vão brincar?

- Claro, onde?

- Ahh vamos brincar de selva

Como falei a casa ficava no meio de uma mata de eucaliptos, pegamos umas ferrmentas de brinquedo ao estilo Rambo e fomos desvendar a mata. Depois de tanta brincadeira, como desvendadores e caçadores, começamos sem ao menos perguntar um ao outro se era aquilo que queriamos. Me lembro que a iniciativa foi dele:

- Você ja bate?

- Claro e vc?

- Também. E o seu é grande.

- Não e o seu

- O meu também não. Quer ver?

- Quero e vc quer ver também?

- Quero

O pau do Lucas era lindo, branco, muito branco e com a cabeça toda rosa, meio roxo. O meu não era muito diferente, era até maior. Ficamos nos exibindo, até que criamos coragem e começamos a esfregar um no outro, nos abraçamos e começamos a gemer, como se ja soubessemos oque sentiamos, Era muito bom. Não tiramos a roupa toda mais foi o suficiente. Deitamos nas folhas de eucalipto e como se ja soubessemos começamos a fazer um 69, relutei um pouco e deixar a cabeça do pau do Lucas tocar minha lingua e pele, mas não demorou muito. Lucas gemia, como se ja fosse experiente e eu chupava em silencio como se ainda tivesse vergonha, derrepente, senti o pau do Lucas muchar na minha boca e sua barriga contorcer e quando sua barriga esticou novamente, seu pau cresceu de uma so vez e o primeiro jato veio na minha boca. Lucas gritou Aiiiiiii - Agora é vc!!! Agora é vc!!!! E parou de me chupar e começou a bater rapido e forte com o pau de fronte a sua boca. Bateu bateu e quando ele viu que estava na hora fechou o olhos e briu a boca. Eu gozei, gozei e sá fui capaz de dizer:

- To cansado

- Eu também. Não conta tá

- Ta bom. Vc tb não.

- Seu pai deixa vc dormir aqui?

- Não sei, tem que pedir

- Sabe jogar Damas?

-Sei

- Vão la então

Nossa amizade começou mesmo foi ali. Naquela noite não dormi no sítio apesar de ter pedido. Na despedida nossos olhos se encheram de água. Queriamos mesmo ficar juntos. Sei disso. Mas essa historia não termina aqui.......

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos fui estud fud mãe e filhagostosa de shorte mostrando as beiras da bucetacontos a mulher policialcontos eu tomando sol peladinha contos eroticos de rabo inocentecomo fazer para sua vizinha casada gostosa safada seder o raboContos.encesto.relacha.maecontos eróticos me assaltaram e ainda comeram a bunda virgem minha e d minha maecontos masturbcontos eróticos comendo abuceta da patroaConto erotico Seu Madruga gay.dentistassafadacontos gemi grita olha corninhocontos eróticos minha mãe me pego com cachorrodei a buceta pela primeira vez caralhopaugrossocontoseroticosContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darver conto veridico minha baba abusado por minha babacontos eroticos amigas ci pegandoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscoki a amiga da esposa contosso metendo n mato n buceta da minha filha n causinha video mobilcontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidacontos mia mulhe linda aromou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rola deleQuero ler contos page pra fuder um meninhocontos eroticos com lesbicas bofinhosporno negao fidi lora magraroupa de couro esposa contoscontos eróticos de chantagem reais com fotoseu confesso caso de incestoarombando o cu da madastra virgem sexocontos porno mulhe de vaqueiroConto erotico no sitio casa de dois comodosSobrinho.fudendo.tia.deitado.no.peito.dela.da.tia.deliesposa contando para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e ainda chama uma namorada travesti para fuder com ela e depois vai transformar o corno no maior viadocontos eroticos amigo gay experimentou meu biquinesexo contos eroticos na ilhacontos gay o hetero sentou no meu colo na viagemcontos eroticos levei minha amiga pra orgiacontos de trasas com massagistacontos eroticos gay ensaboandocontos eroticos o pai da minha amiga mi comeu a chantagemestorias eroticas meu filho encheu minha buceta de porraa viuva amante conto eroticoconto porno apostei minha buceta e foi arrombada pelos meus amigosneguei e os garotos me comeram conto gaybaixo forte troncudo e pau grosso gayestoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo e comi elacontos amarrada plug analconto eroticos segredo de homens casadosou uma putinha gostosa da familiacontos eroticos arrastada pro mato e enrrabada pelo brimo da rola grossacontos sexo.eu meu sogro sograSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininoengravidei minha irmã contoscontos eroticos minha mulher apanhaconto erotico mulher dando para o vizinhoala pediu eu gosei no cu delamocinha godando muinto no primocontos eróticos mamãe meteu uma cenoura em minha bucetinhacontos hetero oferecendo a bundinhacaralhudo contorasgou a xaninha novinha contoscontos eróticos minha mulher foi f***** por um travestirelatos eróticos reais novinha primeira vezcunhada gotosa dano o cu na cuzinhano cucontos eróticos esposa de 60anos com farra na camaconto erotico chantagiei a esposa do meu funcionárioconto eróticos eu mãe e irmã no hotelcontos eróticos de Poucasa dos contos eróticos camila a namorada gostosa do cunhadoTennis zelenograd contogeovana tira a calcinha e da a bucetabrincando do jogo da garrafa com irmazinha contos eroticosdrixando a mulher do corno arregassadinhanovinhas iniciando na foda com o proprio paicontos heroicos de sorte molhado pornoesposa viadinho hormonios conto eroticobaixa vidioas novinha piriguetei perna alta sainhaVideos porno porra boca raquel falando do prazer gozou duas vezes na sua bocafraguei meu garotinho de seis anos mamando o pau do vizinho contos eróticos gaycontos eróticos agarrei minha irmã na fazenda contos eroticos,abusada pelo avo