Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NINFETA VIRGEM

Click to Download this video!

Olá,meu nome é Talia e tenho 19 anos

quando perdia minha virgindade eu tinha

15 anos,vou tentar passar para vcs o tesão que senti.

Bom tudo começou quando eu estava no

1 ano do segundo grau como havia dito estava com 15

anos,me apaixonei pelo meu professor de ed.fisica

ele era muito gato.Cabelos pretos,olhos cor de

mel,peitoral definido,um sorriso de deixar qualquer

garotinha doida.Quando ele entrou na minha sala

disse para minha melhor amiga e prima que

era da minha sala:È com ele que vou perder de

vez a minha virgindade ela porém disse que eu

era louca e riu sem dar muita importancia.

Passei dois meses me insinuando para ele,

e ele nada...Até que um dia,depois da aula

de ed.física que tive com ele vi ele entrando

no vestiário masculino para tomar banho,

fiquei ali esperando ele sair e percebi que

ele demorava no banho muito tempo sá saia

depois que quase todos tinham ido embora

da escola,os últimos a sair era ele e o espetor

do cálegio.Minha amiga ficou doida me

esperando e brigava muito comigo pois

a escola já estava fechando.Em casa fiquei

pensando o que poderia fazer para ter aquele

homem.No outro dia disse para minha amiga que

havia tido uma idéia e que precisaria da ajuda

della.Ela sorriu e disse que eu naum valia um centavo rsrs

Quando foi na outra semana,aula de ed.física

esperei a aula terminar e quando o professor foi

tomar banho esperei que todos saíssem da escola

ficando lá sá eu,ele,a minha amiga e o espetor

minha amiga pediu uma carona o espetor que

morava na rua dela e que sempre nos dava carona

ele falou para ela esperar o professor acabar com

o banho ela disse para ele que viu o professor sair

com a diretora de carro ele ficou meio pensativo

e disse:cara louco,eu hein!!Então espera que vou

trancar as salas.Minha amiga se ofereceu a

ajudar e ele aceitou para ser mais rápido,ele deu

as chaves para ela,enquanto ele ia trancado a cantina

enquanto isso eu estava escondida dentro de uma das

salas de aula,ela saiu correndo para a asala que eu estava

e me disse:entra no vestuario que ele está

e vai para a parde do miquitário,fica lá e sá sai

quando o seu cel vibrar entrei e me escondi.

Quando meu cel vibrou estava uma mensagem

dela para mim assim,boa sorte amiga!!

Bom não podia mais voltar atrás respirei fundo

e sai do miquitário e comecei a fingir tentar abrir

a porta do vestiario,foi aí que ele ouviu o barulho

e perguntou quem era eu disse que era eu Talia

ele saiu do box enrrolado em uma toalha branca

com aquela carinha linda de assustado e disse:

O que vc faz aqui garota, esse vestuario é de

professor vc naum sabe?Eu falei para ele que

sabia mais que o das meninas estava com a

porta fechada que estava muito apertada então

tinha ido ali mesmo rapidinho e que quando eu ia sair

não conseguia abrir a porta.Ele foi tentar abrir mais

(claro)não conseguiu.Ficamos ali conversando

em como poderiamos sair ali mais percebemos que sá no

outro dia.Fiquei olhando para ele pensando varias

putarias,quando ele percebeu meus olhares

foi logo colocar um short.Pensei q algo tinha q acontecer

naum teria outra oportunidade daquela então foi aí que resolvir

vingir que estava com claustrofobia e comecei

a chorar e a abraçar ele.Ele claro muito preocupado

me abraçava e tentava me acalmar.Ele resolveu me por

debaixo da água já que eu gritava e me debatia muito

(mais tudo prémeditado)me acalmei e toda molhada

disse a ele que teria q tirar a roupa molhada

se não ia ficar resfiada ele tinha uma blusa dele

na mochila e me emprestou mais não tinha

short eu disse a ele que aceitaria a blusa e que

se ela fosse grande ficaria igual a um vestido.

Coloquei a blusa mais continuei com a calcinha

meia molhada.Ficamos ali conversando e perguntei

a ele se era casado,se tinha filhos e ele disse que não

tinha filhos mais que tinha namorada eu logo murchei

mais não desisti do meu objetivo.Ele queria que eu falasse

mais de mim eu fui logo dizendo que não tinha namorado

e não gostava de garotinhos da minha idade e sim

de caras mais velhos ele sorriu e falou que caras mais velhos não iam

querer ficar sá nos beijinhos e abraços comigo

eu também sorri e disse a ele que quem disse que eu queria

sá beijos e abraços também ele ficou surpreso

com o meu comentário e logos soltou Você é

virgem?Eu disse a ele que era mais que tava louca

para deixar de ser!!!Ele ficou completamente

sem graça ele disse que estava cansado e que ia tirar um coxilo

eu disse que ia fazer xixi e ia tomar banho para dormir

também.Entrei no sanitario e respirei fundo mais

uma vez tirei a bluda e sá de calcinha entrei no chuveirão

de costa para ele cada vez que me abaixava

pondo minha bundinha para o alto para esfregar

minha pernas dava uma olhadinha para tras

ele completamente paralisado não parava de me olhar

depois fiquei de lado e com os meus seios em pézinho e com

os bicos durinhos comecei a esfrega los e com muito cuidado

comecei a passear as minhas mãos pela minha bundinha e pela minha

xaninha ai ele deu um surpiro alto e disse que o que eu estava fazendo

era provocação eu disse a ele se ele não estava gostando

e ele disse que estava amando mais que não sabia se ia se

conter eu fui me aproximando dele e com cara de bem safada

comecei a beijar o pescoço dele,a orelha,o peito,me ajoelheu e

comecei a lamber a barriga dele e comecei a perceber que

o pau dele estava completamente duro,hunn!!aí é

que fiquei completamente louca de tesão depois

fui subindo até chegar a boca,nos beijamos

como se fossemos um casal apaixonado ele

começou a passar as mão na minha bundinha e se rossar em

mim passava a mão na minha xaninha e percebeu

que eu estava toda lambuzada de mel perguntou se eu queria

lamber o pau dele eu dise que nunca tinha feito aquilo

ele disse que era facil era sá eu lamber e não deixar

o dente bater nele e cai de boca naquele pau grande

duro e latejante eu passava a lingua de vagarinho na

cabecinha,aí ia enfiando na minha boca até o fim

aí puxava de volta a cabecinha e chupava sá a cabecinha

ele gemia de tesão.ele me levou para o sanitário pôs um dos meus pés

em cima do vaso e me enclinou me pondo de quatro e começou a lamber

minha pererequinha virgem ele lambia dava umas mordidinhas de

leve e enfiava a lingua sentindo o himem ainda lá intacto.

Depois ele sobiu e começou a lamber meus seios,hunnn!!ele

mordia chupava e rossava a lingua ao redor do bico

aquilo me deixava cada vez com mais vontade de dar

Foi quando ele me perguntou se eu tinha certeza

do que eu ia fazer e se eu queria mesmo...Disse a

ele que certeza eu tinha mais que se ele não quisesse

eu entenderia, ele gargalhou e disse que nem se ele fosse louco

pararia por ali por vontade dele.Ele me deitou no chão

forrado com a toalha branca dele e abriu as minhas

pernas bem devagarinho e colocou sá a cabecinha lá

e me falou que ia bem devagar que ia doer um pouco mais

que depois ia ficar bom.Feichei os olhos e deixei

ele ir enfiando e tirando devagar sá na portinha

e cada estocada ele ia pondo um pouco mais

e aos mesmo tempo ia acariciando com todo o cuidado o meu clítores

me dando prazer naquela hora até que ronpeu o hímem e eu dei um gritinho

meio timido e comecei a chorar baixo ele parou mais nao tirou o pau

dele de dentro de mim quando aliviou a dor ele continuou bem devagar e foi

aumentando a velocidade aumentado aumentado quando fomos perceber

estava fudendo como se fosse esperiente no sexo e me pôs de quatro

e começou a meter eu gemia de prazer e pedia para

ele meter mais e mais até que disse a ele que iria gozar e ele

não aguentou e gozou junto comigo dentro de mim senti todo aquele leite

entrando e aquele pau latejando dentro de mim.Quando tudo acabou

contei tudo a ela ele disse que eu era louca mais que foi muito bom

eu disse a ele que a minha proxima aventura era perder o do cúzinho

mais em outro momento e em outro lugar ele ficou louco e disse se ele

estaria nos meus planos eu disse que nos meus planos estava um homem

solteiro e livre para desfrutar daquele momento sem preocupação e arrependimento

ele disse que em breve ele poderia ser esse cara, sorriu e...

Esse vai ser o proximo conto da´´virgem determinada.``



Espero que tenham gostado.Deixem seus comentário.beijinhos no piu piu de

cada um.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


vídeo enfiando a pica na b***** da mulher e a mulher gritando o Cadu e ele nada de tirarvideos de cabacinhos juvinis fudendocontos putaria de crentescontos gays comessado pelo primoinseseto commforcacontos incesto mãe fofinhacontos-fiz amor com minha irmavídeo pornô mulher casada fica cheia de tesão com a venda em Jarinurasgou a xaninha novinha contoscontos de tirador de cabaçomelequei a bucetacontos eroticos cunhadinhoscontos eroticos de estrupamendoVi minha irma gozandoe sitremendo todaafastou as carnes do cu piça perfurou minhas entranhas contosminha professora me deu carona e pegou mo meu caceteeu punhetei um estranhocontos erotico com pai come o cu da filha de nove anos escretomeu corno xerou minha calcinhacasas dos contos Eróticos Genros Mais lidosalisei vídeos alisando o papai dotado filhascontos eroticos fui no puteiro de de cara com minha tiacontos eroticos nora aliviando o velhocontos eróticos de mães e filho de pau grandeme fuderam meu cu na ordenha contosmeu,vizinho mais velho me lambeuvideo sexe etiado pauzudo emadrastaincesto realidade fantasias contocontos eroticos coroa morena dos 50 anos com shortinho de lycra mostrando seu pacotaocontos eroticos primeira gozadacontos velha sogra da cuContos eróticos família liberal.2,mamando na velha contoscontos eróticos minha avó é uma p***contos eroticos de enteadasContos de novinhas perdendo a virgindadecontos eroticos porno gay mijo amareloconto erotico incesto sonifero filhaConto do garoto que fudeu com dois trvesti piçudosconto erótico cantada pesada na ruaconvenci meu pai a levar me com ele ao clube de swingers conto eroticoesposo liberando a esposa para viajar contocontos eróticos coni minha filha e seu amigo gayconto erotico de casada menino roludo comeu meu cu e a buceta tambemmulheres damdo a nisetaesposinha ciumenta contos eroticoscontos eroticos mulhe conta.como deu a buceta eo cugarotinha conto eroticocontos eroticos pratiquei zoofilia porke meu marido me deixo na vontadeenrabada pelo chefe contoscontos eróticos minha bunda conto amo ser puta mulher 43 anosconto erotico mae empresta lingeriecontos eróticos meu tio cego mim. fudeuContos eroticos casada na excursãoconto erotico neu rabo seduziu meu subrinhocontos eroticos entregadorcontos eroticos e tome gozada na caraai devagar porra caralho sua pica e muito grossaComendo cu de mulher dormindo conto eroticoFodelança contos comendo a mulher e sua amigaContos erótico vi o pau do meu aluno e não aguenteicontos minha tia viuva sua amiguinhamlulher com chortinho encavado ecom abunda empinadaconto erotico real meu marido me liberou dar o meu rabocontos eroticos troquei minha mulher pela cunhadinha lindameu amigo me deu a sua esposa contostenho namorada e fui arrombadoescrava do meu namorado contocontos eroticos ela nao aceita ser cornofudida na infância . contoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos porno estuprarão meu marido na minha frentecontos eroticos gratis submissão chantagem casadasContos com belas picasconto sexo hetero dominado na cadeiapalhia de calcia preta nuaPrimo viajando com a prima no colo conto eróticominha cunhada estava raspando a piriquita e eu vi metida picamehlores contos eroticos orgamos com paiConto erotico mãe no cinemaconto erotico minha mim deixado de castigo